Lançamentos

Scania tem novo motor de 13 litros até 8% mais econômico

Além do novo motor, a Scania atualizou vários componentes de sua gama na Europa e passou a oferecer câmeras no lugar dos espelhos retrovisores

Redação

16 de nov, 2021 · 6 minutos de leitura.

Scania lança na Europa motor de 13 litros que é 8% mais econômico" >
Scania lança na Europa motor de 13 litros que é 8% mais econômico
Crédito:Scania/Divulgação
Scania lança na Europa motor de 13 litros que é 8% mais econômico

A Scania lança, na Europa, a nova geração de motores de 13 litros. Segundo a marca, um dos principais destaques é a redução de até até 8% no consumo de diesel. Além disso, trata-se da mais importante atualização feita na linha após a chegada, em 2016, de sua atual geração de caminhões. Conforme a empresa, foram investidos cerca de R$ 2 bilhões no desenvolvimento, que foi feito ao longo de cinco anos.

LEIA TAMBÉM: Citroën e-Jumpy, 100% elétrica, chega ao Brasil ainda neste ano

Você também vai gostar de


De acordo com a Scania, os novos motores têm quatro opções de potência. Assim, são oferecidos com 420 cv, 460 cv, 500 cv e 560 cv. Além disso, o torque vai de 235 mkgf a 286 mkgf. Segundo o responsável pela Scania Trucks, Stefan Dorski, a linha está mais sustentável. "Para melhorar o sistema de transportes a tempo de cumprir os objetivos do Acordo de Paris, a mudança deve ocorrer agora?, diz.

Maior eficiência

No mesmo sentido, a eficiência térmica desses motores é 50% superior à da geração anterior, de acordo com a Scania. Para isso, há novos sistemas de duplo comando de válvulas no cabeçote. Bem como ajustes na taxa de compressão, que passou a ser de 23:1. Além disso, há dois pontos de injeção do Adblue (Arla 32). Segundo a Scania, isso reduz ainda mais as emissões de poluentes.

Como resultado, os caminhões podem ser abastecidos com 100% de biodiesel. Assim como com HVO, o diesel vegetal hidrotratado. Da mesma forma, um novo sistema eletrônico faz o gerenciamento dos motores. Há ainda atualizações no pós-tratamento, caixa e eixo. Tudo isso foca a redução do consumo de diesel. Conforme a Scania, há várias outras novidades.

Por exemplo, foram atualizados a turbina e o coletor de admissão. Assim, o pico de pressão interna dos  cilindros chega a 250 bar. Logo, isso garante uma queima mais eficiente do combustível. No mesmo sentido, a marca adotou um novo óleo lubrificante. O óleo mais fino reduz o atrito entre as peças.

Novo motor Scania deve vir ao Brasil em 2023

A expectativa é de que a nova geração de motores da Scania chegue ao Brasil em 2023. Ou seja, quando deve entrar em vigor o Proconve P8. A próxima fase do programa de redução de emissão é equivalente ao Euro 6, que está em vigor na Europa. Porém, a filial da Scania no Brasil não confirma esse informação.

Tradicionalmente, os motores da Scania ficaram conhecidos por funcionar em baixa rotação a maior parte do tempo. Segundo dados da área de engenharia da marca, os novos 13 litros podem gerar bons números de desempenho a partir das 900 rpm. Ou seja, isso também contribui com a redução do consumo de combustível.

Da mesma forma, a Scania fez atualizações no sistema de frenagem por compressão. Assim, o freio motor CRB funciona por meio de cabeçote. Por sua vez, a gama de eixos traseiros também foi renovada. Como resultado o diferencial garante respostas mais rápidas. Há até versão de 1.95:1.

Câmeras em vez de espelhos

Outro destaque é o Scania Mirror View Camera. Ou seja, há câmeras no lugar dos espelhos retrovisores convencionais. Assim, além de garantir visão mais ampla, isso elimina os pontos cegos. Bem como ajudam o motorista a ver melhor o trânsito durante a noite. Nesse sentido, as telas de alta resolução têm 12,3 polegadas e foram instaladas na coluna "A".

Continua depois do anúncio

Seja como for, não se trata exatamente de uma novidade. O primeiro caminhão a oferecer esse sistema no Brasil foi a nova geração do Actros, lançada no fim de 2019. Recentemente, o recurso foi lançado também na linha MAN vendida na Europa.