Redação

28/04/2021 - 5 minutos de leitura.

Iveco amplia vendas e vai testar caminhões a gás no Brasil

Iveco amplia as vendas no Brasil, têm alta de 1% de participação de mercado e recebe luz verde da matriz para testar caminhões a gás

Iveco cresce em vendas e vai testar caminhão a gás
Iveco cresce em vendas e vai testar caminhão a gás Crédito: Iveco/Divulgação

A Iveco está ganhando participação de mercado no Brasil. Como resultado, recebeu sinal verde da matriz para iniciar novos testes com caminhões a gás no País. Segundo a marca italiana, no primeiro trimestre de 2021 o aumento na participação de mercado foi de 1%.

LEIA TAMBÉM: Testamos o caminhão autônomo Axor 3131 da Mercedes-Benz

Nesse sentido, as vendas no Brasil cresceram 42% de janeiro a março. De acordo com e empresa, o número é resultado da comparação com o mesmo período de 2020.

Além disso, segundo a Iveco, as vendas cresceram em todos os segmentos. Segundo a marca, no de leves, com a linha Daily e o Tector de 9 toneladas, a alta foi de 13%.

Tector é destaque de vendas da Iveco

Ao mesmo tempo, no segmento de caminhões médios o crescimento foi de 95%. De acordo com a Iveco, no de semipesados o aumento foi de 79%. Assim também, o de pesados cresceu 61%.

Líder da Iveco para a América Latina, Márcio Querichelli diz que os números confirmam a tendência de crescimento. Nesse sentido, ele destaca a linha Tector, que tem opções de leves a semipesados.

Segundo dados da Iveco, graças à essa linha as vendas praticamente dobraram no País. “Isso é fruto do trabalho de uma equipe altamente qualificada. E que mantém a marca em um movimento de crescimento sustentável”, diz Querichelli.

Sinal verde para o caminhão a gás

Do mesmo modo, a alta nas vendas vem produzindo outros resultados. Assim, a Iveco se prepara para avançar na oferta de caminhões a gás. Nesse sentido, a filial brasileira recebeu sinal verde da matriz para iniciar os testes no Brasil.

Em entrevista ao Estradão, Querichelli informou que Iveco aposta no Gás Natural Veicular (GNV). Ou seja, trata-se de uma opção para reduzir os níveis de emissões por caminhões.

Segundo o executivo, a adoção do gás é primeiro passo rumo a tecnologias que visam o nível de zero de emissões. A marca é líder de vendas desse tipo de veículo na Europa

Investimento em pós-venda e serviços digitais

Além disso, a Iveco vem atuando em várias frentes no País. Em 2020, a marca passou a implementar ações voltadas aos serviços de pós-venda.

Nesse sentido, começou a utilizar o WhatsApp para facilitar o agendamento de serviços. E também para esclarecer dúvidas tanto de motoristas quanto de gestores de frota. Da mesma forma, lançou serviços digitais com o Iveco Connect.

Ou seja, os caminhões pesados passaram a vir com sistema de telemetria. Essa solução permite monitorar, em tempo real, o desempenho do motorista e as funções do veículo.

“Nossa meta é proporcionar a nossos parceiros veículos que maximizem a rentabilidade nos negócios com o menor custo total de operação (TCO). É um grande desafio, mas conseguimos atingir esse objetivo com as linhas Daily, Tector, Hi-Road e Hi-Way”, diz Querichelli.

Notícias relacionadas