Você está lendo...
Ônibus da Marcopolo ampliam frota do Parque Tecnológico Itaipu
Notícias

Ônibus da Marcopolo ampliam frota do Parque Tecnológico Itaipu

A Fundação Parque Tecnológico Itaipu começou a operar com quatro novos ônibus da Marcopolo. São modelos Paradiso G7 e Viale... leia mais

Redação

08 de fev, 2022 · 4 minutos de leitura.

ônibus
Crédito:Divulgação: Marcopolo

A Fundação Parque Tecnológico Itaipu começou a operar com quatro novos ônibus da Marcopolo. São modelos Paradiso G7 e Viale DD Sunny. Além de dois Torino, de uso urbano. Todos receberam características próprias para atender essa operação.

De acordo com a Marcopolo, entre os diferenciais estão as janelas bem amplas. Além disso, os ônibus receberam sistemas especiais de áudio. Bem como câmeras de monitoramento. Há ainda faróis e lanternas de LEDs.

Leia também: Chinesa Asiastar revela ônibus turístico com visual futurista da Pininfarina


Segundo a Marcopolo, esses componentes são mais resistentes. Assim, reduzem os custos com manutenção.

Ônibus Marcopolo sem vidros

O Paradiso New G7 1200 utilizado na Fundação Parque Tecnológico de Itaipu é o primeiro ônibus do tipo sem vidros nas janelas. De acordo com a Marcopolo, a capacidade é para 48 passageiros.


Ônibus sem vidros são comuns em cidades como Paris, Nova York, Roma e Madri, entre outras. No Brasil, os veículos desenvolvidos pela empresa circulam em locais como o Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná.

Além disso, o modelo tem vários monitores de vídeo. Bem como facilidades para o acesso de pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida.

Nova opção de ônibus rodoviário

Recentemente, a Marcopolo apresentou o G8 1600 LD. O modelo está em fase de homologação. Segundo a empresa, o ônibus estará à venda a partir do segundo trimestre de 2022.


De acordo com a encarroçadora, o destaque do novo modelo é o nível de conforto. Assim como a capacidade de bagagem. O maior espaço entre a poltrona e painel facilita o acesso à cabine pela porta de serviço.

De acordo com a Marcopolo, a ideia é que passageiros e motoristas tenham uma experiência de viagem aprimorada. Isso porque o ônibus tem melhor desempenho operacional em médias e longas distâncias.

Mercado em baixa

Os lançamentos da Marcopolo ocorrem em um momento de baixa no mercado de ônibus. Em 2021, o setor sofreu retração em relação a 2020. Foram emplacadas 17.766 unidades. Ou seja, houve um recuo de 2,49% em relação às vendas de 2020. 


Em 2021 as encarroçadoras produziram 12.361 unidades. De acordo com os números da Associação Nacional das Fabricantes de Ônibus, a Fabus. Aproximadamente 4 mil unidades a menos do que 2020. Naquele ano saíram das linhas de produção 16.320 unidades. 

Porém, as fabricantes apostam na recuperação do setor. Segundo a Mercedes-Benz, as vendas totais devem crescer mais de 40% em 2022. A expectativa foi revelada ao Estradão pelo diretor de vendas e marketing de ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, Walter Barbosa.