Tião Olveira

15.07.2020 | 15:00

Táxi de Londres vira van híbrida de carga VN5

O táxi de Londres acaba de ganhar uma versão van híbrida de carga batizada de VN5, que tem autonomia de 480 km e garantia de cinco anos

VN5
VAN Crédito: LEVC

O famoso táxi de Londres virou van de carga. Batizada de VN5, a nova opção da Companhia de Veículos Elétricos de Londres (LEVC) é híbrida de autonomia estendida. A autonomia total é de cerca de 480 km. O preço parte de £ 46.500 (uns R$ 310 mil, na conversão direta, sem impostos). Isso sem os benefícios fiscais, que, na Inglaterra, são de R$ 38 mil.

VN5

O motor elétrico é alimentado por baterias de 31 kWh e o torque é enviado às rodas traseiras. No modo 100% elétrico, o modelo pode rodar pouco mais de 90 km. Quando toda a energia da bateria é utilizada, entra em ação o extensor de autonomia.



Trata-se de um pequeno motor a gasolina de 1,3 litro. Ao ser acionado, o motorzinho funciona como um gerador de eletricidade. Essa energia é enviada ao motor elétrico que, por sua vez, move o veículo. No táxi, esse sistema é batizado de eCity. Há sistema de carregamento rápido de 50kW e capacidade mínima de carregamento rápido de 11kW.

VN5 tem recursos de automóveis

vn5

Assim como o táxi, o VN5 traz dispositivos tecnológicos avançados. São três versões: Business, City e Ultima. De série há itens como sistema de frenagem automática de emergência (AEB), air bags na frente e laterais. Outros destaques sçao o controlador de velocidade de cruzeiro e o sistema multimídia.

O equipamento tem tela de 9 polegadas sensível ao toque é igual à dos carros da Volvo. Isso porque a divisão de automóveis da marca sueca e a LEVC pertencem à chinesa Geely. Há ainda ar-condicionado de duas zonas de atuação em todas as versões.

VN5

Alerta de saída involuntária de faixa de rolamento e sensores de obstáculos na dianteira e traseira também estão disponíveis. A versão de topo, Ultima, acrescenta câmera na traseira, bacos com revestimento mais caprichado, pintura metálica e recarregador de 22kW. Com o sistema de 50kW, a bateria pode ser recarregada em cerca de 30 minutos.

Capacidade de carga de 5,5 m³

vn5

São seis pacotes de opcionais. O Comfort inclui itens como navegador GPS, porta-objetos sob o assento e para-brisa aquecido. Em relação à segurança há leitor de placas de sinalização e função inteligente de limite de velocidade. Esse dispositivo ajusta a velocidade do veículo automaticamente conforme o limite da via. São funções herdadas da Volvo.

A VN5 também pode vir com prateleiras no compartimento de carga e barras no teto. A lista de acessórios para a Europa inclui capas para os bancos e tapetes especiais. Outra boa solução são os suportes para dispositivos portáteis, como smartphones, tablets e notebooks, por exemplo.

vn5

O diâmetro de giro é igual ao do táxi. Isso quer dizer que a VN5 é fácil de manobrar em espaços apertados. Ou seja: o modelo será bastante ágil em cidades. Além disso o modelo tem porta deslizante lateral, que permite a entrada e saída de palets, e duas na traseira. A capacidade de carga é de 5,5 m³ e 830 kg.

Outro destaque da VN5 são os intervalos entre as revisões. Na Inglaterra, as manutenções obrigatórias deverão ser feitas a cada 40 mil km. A garantia total de fábrica será de de cinco anos ou 240 mil km. A cobertura para as baterias é de oito anos ou 240 mil km.

Chinesa Geely é dona da empresa

vn5

A Geely é dona da LEVC é também da divisão de automóveis da Volvo. Em 2016, a chinesa investiu  £ 300 milhões em uma nova fábrica em Coventry. Na cidade, que fica a cerca de 150 km de Londres, foram feitos mais de 130 mil táxis londrinos em 60 anos.

Por isso, no híbrido TX5, atual modelo utilizado como táxi em Londres, o motor a gasolina é da Volvo. Ao utilizar apenas o elétrico, o carro pode rodar cerca de 110 km, de acordo com dados da fábrica.

Atualmente, a empresa é conhecida pelo nome de London Taxi Corporation. No meio econômico, atende pela sigla LEVC. O significado é London Electric Vehicle Company.

vn5

 

Notícias relacionadas