Andrea Ramos:

Lançada em março, nova Daily já teve mil unidades produzidas

A nova geração da Iveco Daily, lançada em meio à decretação da pandemia do novo coronavírus, acaba de alcançar a marca de mil unidades produzidas no Brasil

Lançada em março, nova Iveco Daily já tem mil unidades produzidas
Crédito: Iveco/Divulgação

Mesmo com a decretação da pandemia da covid-19, em março, a Iveco manteve o lançamento da nova geração Daily no Brasil. Por causa do isolamento social, a principal estreia da marca neste ano foi feita por meio das concessionárias. Em uma ação ágil, a empresa rapidamente distribuiu a gama nos pontos de venda. Desde então, mil unidades da nova gama foram produzidas na fábrica de Sete Lagoas, em Minas Gerais.

Em maio, os novos Daily responderam por um terço de todas as vendas de veículos comerciais da Iveco no País. No acumulado de janeiro a junho, foram emplacadas 1.145 unidades da gama no mercado brasileiro. Os números são da Fenabrave, a federação que reúne as associações de concessionárias.



A nova linha de comerciais leves e semi-leves da Iveco foi apresentada em outubro de 2019, durante a Fenatran. Na a feira, que é a maior do setor de transportes da América Latina, executivos da marca disseram que a novidade foi bem recebida. Inclusive, muitos clientes que pretendiam comprar o modelo da marca no evento decidiram esperar pela nova geração.

Novo visual foca funcionalidades

As principais atualizações foram feitas no visual. Com isso, a família Daily vendida no Brasil ficou alinhada com a gama oferecida no mercado europeu. “A Daily, principalmente na versão chassi, sempre foi o carro-chefe de vendas da Iveco”, afirma o gerente de marketing de produto da empresa, Bernardo Pereira.

Pereira afirma que todos os detalhes foram pensados de forma a reduzir o custo total de operação (TCO). O para-choque, por exemplo, é tripartido. Com isso, em caso de avaria é possível trocar apenas a parte danificada.

A nova peça também é ligeiramente ressaltada em relação à carroceria. O objetivo é que em eventuais colisões com objetos ou veículos menores que o Iveco, a lataria não seja atingida. Isso reduz o tempo e o custo de reparação.

O para-brisa, mais inclinado, permitiu melhorias na aerodinâmica. Quanto menor for a resistência ao ar, menor será também o consumo de combustível.

Utilitário com soluções de automóveis

Entre os detalhes estéticos estão a nova grade dianteira. É possível escolher acabamento preto ou cromado. Os faróis também foram redesenhados e incorporam luzes de posição e neblina. Além do formato mais afilado, o conjunto óptico avança para as laterais e lembra o do Mobi, hatch da marca Fiat.

A cabine também foi completamente reformulada. Com a atualização, que inclui novo acabamentos, o interior da linha Daily lembra um automóvel. O objetivo da marca foi justamente passar ao motorista a sensação de que ele está em um veículo de passeio, de acordo com Pereira.

“O habitat da Daily é a cidade.  E, como ela vai dividir espaço com os automóveis, nada mais justo que o condutor se sentir nesse ambiente”, afirma o executivo.

Conforto e segurança se destacam

A empunhadura do volante também lembra a de carros de passeio. O novo painel de instrumentos tem funções como controlador de velocidade de cruzeiro (piloto automático). E exibe mensagens como a necessidade de paradas para manutenção.

Outro destaque é o sistema multimídia, com tela de 7 polegadas sensível ao toque. Há ainda funções ativadas por meio de comandos de voz. O dispositivo permite parear smartphones por meio dos aplicativos Android Auto e Apple CarPlay.

Uma das boas comodidades é o ar-condicionado digital. Dá para regular a temperatura de grau em grau. O modelo pode vir também com sensores de obstáculos na traseira. Esse recurso é bastante útil em manobras de estacionamento e evita o risco de choques com objetos pequenos, como pilares.

Chassi-cabine reforçado

A versão chassi-cabine possui longarinas com perfil de 5 mm de espessura em forma de “C”. De acordo com Pereira, a suspensão não traz atualizações. O executivo diz que o sistema é robusto e projetado para suportar as condições das vias brasileiras.

Sob o capô, a nova linha Daily traz os motores F1A e F1C fornecidos pela FPT Industrial. Os dois são turbodiesel e têm potências de 130 cv, 150 cv e 170 cv. A única transmissão disponível no Brasil é a ZF 6S 480 manual de seis velocidades.

Na Europa também há versões com câmbios automático e automatizado. Segundo Pereira, essas opções não estão no País porque não há demanda. “Se surgir, podemos desenvolver e aplicar essas soluções”, diz.

De série, a nova linha Daily traz ainda controle eletrônico de estabilidade (ESP) e assistente de freio hidráulico. E também dispositivo anti-capotamento, além de controle adaptativo de carga. O sistema ajusta automaticamente a força de frenagem em cada roda de acordo com o carregamento do veículo. Isso garante mais segurança e reduz o desgaste dos freios.

Daily chassi-cabine ficará mais ‘popular’

Historicamente, a Iveco Daily vende bem no segmento de chassi-cabine. A consolidação do modelo no mercado ocorreu a partir de 2012, quando a linha F deixou de ser oferecida no País. A despedida foi motivada pelo Proconve 7, nova norma de emissões de poluentes que entrou em vigor em 2013 e está valendo até hoje.

Como a Ford não havia atualizado os motores da Série F, acabou saindo de cena. Isso deu espaço para a Iveco mostrar a polivalência da linha Daily. A partir daí, a versão chassi-cabine atraiu novos clientes e ganhou projeção no mercado.

Em 2014, após renovar os motores da Série F, a Ford voltou ao Brasil. Mas a Iveco Daily já havia se consolidado e a marca norte-americana teve dificuldade para reconquistar o consumidor.

Iveco Daily e suas versões

A gama de comerciais leves da Iveco tem várias versões. Há os chassis-cabines 30-130, 35-150, 45-170, 55-170, 65-170. Os dois primeiros números indicam o PBT (Peso Bruto Total) de cada veículo. E demais (depois do traço) referem-se à potência do motor. Por exemplo: o 30-130 tem PBT de 3,5 toneladas e motor de 130 cv. Essa versão e a 35-150 podem ser conduzidas por motoristas com CNH na categoria B.

A regra é a mesma para os furgões. Nesse caso, as opções são: 30-130 (de 7,3 a 12 m³ de capacidade de carga), 45-170 (12 m³) e 55-170 (12 a 18 m³). Com exceção das versões até 3,5 toneladas (30-130 e 35-150), todas podem ter cabine dupla. A Daily é a única do segmento com esse tipo de configuração.

Para passageiros há os Minibus 15+1 e 18+1, indicadas para fretamento e turismo. A versão Vetrato teto alto tem janelas corrediças. A Elevittá, por sua vez, vem de fábrica com plataforma elevatória. É indicada para transporte de portadores de necessidades especiais e pessoas com mobilidade reduzida.

Há 60 configurações possíveis, de acordo com informações da Iveco. As combinações incluem motor, capacidade de carga, entre-eixos etc. Há também opções específicas para motor-home.

Notícias relacionadas