Notícias

Iveco vende mais de mil caminhões S-WAY a gás para a Amazon

As primeiras 216 unidades dos caminhões Iveco S-Way a gás natural comprimido já estão com a Amazon e as demais serão entregues a partir de 2022

Redação

24 de nov, 2021 · 4 minutos de leitura.

Iveco vende 1.064 unidades do S-WAY a gás para a Amazon na Europa" >
Iveco vende 1.064 unidades do S-WAY a gás para a Amazon na Europa
Crédito:Iveco/Divulgação
Iveco vende 1.064 unidades do S-WAY a gás para a Amazon na Europa

A Iveco vai fornecer 1.064 caminhões S-Way a gás natural comprimido (CNG) para a Amazon na Europa. Trata-se de uma das maiores vendas de veículos desse tipo para uma única companhia. Assim, os novos modelos vão se somar aos mais de 36 mil caminhões Iveco a gás que rodam no mundo todo. Ou seja, a marca italiana se consolida na liderança da das vendas globais de caminhões a gás.

Leia também: Scania fornece caminhões a gás para operações de mineração da Gerdau 

Você também vai gostar de


Inicialmente, a Iveco entregou um lote de 216 unidades do S-Way CNG à Amazon. De acordo com a empresa, os outros 848 caminhões vão ser entregues a partir de 2022.O S-Way CNG tem motor Cursor 13 a gás natural feito pela FPT Industrial. O modelo, que conta com tanques de 1.052 litros, tem autonomia para rodar até 620 km.

Além disso, os caminhões vêm com o Iveco Driver Pal. Ou seja, o sistema de comando de voz com recursos da assistente virtual Alexa. CEO do Iveco Group, Gerrit Marx lembra que a fabricante é pioneira na oferta da tecnologia a gás, lançada há 25 anos.

Iveco manterá oferta de motores a combustãos

"A colaboração com a Amazon é uma prova da capacidade e robustez de nossos produtos. Bem como do nosso compromisso para reduzir as emissões de carbono no setor de transporte até 2050." De acordo com o executivo, a Iveco continuará oferecendo motores a combustão.

Porém, ele afirma que esses propulsores serão movidos a combustíveis renováveis. Marx afirma que, ao menos por ora, essa é a única solução disponível em grande escala para reduzir as emissões. Nesse sentido, segundo ele, um caminhão a biometano emite até 95% menos de CO2 na comparação com um modelo equivalente a diesel.

No Brasil, a única fabricante que oferece caminhões a gás é a Scania. Porém, a Iveco também deve ingressar nesse mercado. A filial da marca no País informa que já recebeu o sinal verde da matriz para viabilizar a venda desse tipo de modelo no mercado brasileiro.