Tecnologia

Caminhão Volvo FH elétrico roda 1.099 km com uma carga de bateria

Baseado em um Volvo FH, caminhão elétrico feito pela suíça Futuricum percorreu 392 voltas em uma pista de testes na Alemanha durante 23 horas

Redação

24 de set, 2021 · 4 minutos de leitura.

Caminhão elétrico entra para o Guinness por distância percorrida" >
Caminhão elétrico entra para o Guinness por distância percorrida
Crédito:Divulgação
Caminhão elétrico entra para o Guinness por distância percorrida

Um Volvo FH elétrico percorreu 1.099 km com uma única carga de bateria. O feito ocorreu em um campo de provas da Continental perto de Hanover, na Alemanha. A pista da fabricante de pneus é oval e tem cerca de 2,8 km de extensão. O caminhão feito pela empresa suíça Futuricum rodou 23 horas a uma velocidade média 50 km/h.

Leia também: Quinta roda com sistema antitombamento vem aí

Segundo a companhia, dois motoristas se revezaram ao volante a cada 4,5 horas. No total, o Volvo FH elétrico completou 392 voltas. Portanto, bateu o recorde mundial para a mais longa distância percorrida por um caminhão rígido elétrico com uma única carga de baterias. Assim, o resultado foi oficializado no Guinness.

Antes de bater o recorde, o Volvo FH elétrico já era utilizado pela DPD. De acordo com a empresa de logística, o caminhão rodava em rodovias da Suíça. Porém, para realizar a prova o modelo ganhou atualizações. Conforme a Futuricum, as novas baterias têm 680 Kw/h de capacidade. Ou seja, a maior para um veículo do tipo na Europa.

Volvo FH elétrico ganhou superbateria

Com isso, os quatro motores elétricos instalados nos dois eixos passaram a gerar cerca de 680 cv. De acordo com a Continental, o caminhão recebeu pneus EfficientPro. Segundo a marca, os compostos têm baixa resistência à rolagem e foram desenvolvidos para operações de longas distâncias. Assim, contribuem par reduzir o consumo de energia.

Porém, embora o Volvo FH elétrico tenha peso bruto total (PBT) de 19 toneladas, estava com a área de carga vazia. Com isso, o consumo médio de energia foi de 0,58 Kw/h a cada 100 km. Portanto, essa simulação não pode ser utilizada como parâmetro de comparação com operações reais.

De acordo com a DPD, o caminhão elétrico atua em operações entre as cidades suíças de Möhlin e Buchs. Ou seja, percorre diariamente uma rota de aproximadamente 180 km. Assim, em condições normais, carregado de carga e com o pacote de baterias convencional, a autonomia é de 300 km.