Tecnologia

Quinta roda com sistema antitombamento vem aí

Empresa dos EUA cria protótipo de quinta roda que detecta quando o caminhão vai tombar e desconecta o reboque do cavalo-mecânico

Redação

22 de set, 2021 · 5 minutos de leitura.

Quinta roda com sistema anti-tombamento" >
Quinta roda com sistema anti-tombamento
Crédito:Divulgação
Quinta roda com sistema anti-tombamento

Quinta roda com sistema que reduz o risco de tombamento do caminhão. Assim é a aposta da Axicle Engineering, que criou um protótipo inédito do sistema. Como resultado, ao detectar a possibilidade de acidente, o dispositivo desconecta o implemento do cavalo-mecânico. Isso aumenta a segurança do motorista e de outros ocupantes da cabine.

Segundo a empresa norte-americana, sua equipe é formada por engenheiros dos setores automotivo e aeroespacial. Nos testes feitos até agora, a nova quinta roda mostrou ser eficiente, de acordo com a startup.

Você também vai gostar de


Conforme o Instituto de Seguros para Segurança Rodoviária (IIHS), o problema é grave. De acordo com a ONG dedicada à segurança viária, houve mais de 300 mortes no país em 2019 em acidentes envolvendo o tombamento de caminhões. Além disso, 9 mil pessoas ficaram feridas.

Acidentes causam perdas de R$ 18,6 bi por ano

Além disso, a perda financeira foi enorme. Portanto isso resultou no pagamento de cerca de US$ 3,5 bilhões em indenizações de seguros. Ou seja, isso corresponde a cerca de R$ 18,6 bilhões na conversão direta, sem impostos.

A quinta roda desenvolvida pela Axicle Engineering detecta o risco de o semirreboque tombar. Portanto, o dispositivo separa o implemento do trator para evitar acidentes. Segundo informações do engenheiro e fundador da startup, Steve Krug.

Krug, que foi engenheiro da Tesla até 2020, se reuniu a outros engenheiros para desenvolver o sistema. Como resultado, o grupo fundou a Axicle Engineering. Assim, as soluções voltadas ao dispositivo virou prioridade para a companhia.

Quinta roda universal

Ou seja, o engenheiro deu continuidade ao trabalho que já desenvolvia no projeto do caminhão Tesla Semi. Segundo ele, o objetivo é criar um produto universal. Portanto, que possa ser adaptado para qualquer tipo de caminhão. Confira como sistema funciona no vídeo abaixo.

Segundo a Axicle, a quinta roda utiliza uma série de sensores. Com isso, o sistema consegue monitorar constantemente o ângulo do cavalo. Nesse sentido, um algoritmo pode aferir o risco de o implemento tombar com 99,9% de precisão.

Assim, 0,2 milésimos de segundos após a detecção da iminência do tombamento, o sistema entre em ação. Portanto, abre a trava da quinta roda e desacopla o semirreboque do caminhão. Porém, no vídeo não fica claro o que acontece caso haja mais veículos na via.

Até 80 mil unidades por ano

De acordo com a Axicle, as patentes do hardware do mecanismo de liberação da quinta roda são de sua propriedade, Assim como as do software e os controles do semirreboque. Seja como for, para viabilizar o projeto a empresa está em busca de investimentos de US$ 10 milhões.

Continua depois do anúncio

Ou seja, isso dá uns R$ 53 milhões na conversão direta, sem taxas. Com isso, a fabricante pretende produzir 10 mil unidades da nova quinta roda. Segundo a Krug, após a implementação total do projeto, a capacidade de produção será de 80 mil dispositivos por ano.

A princípio, há sinais de que o projeto sairá mesmo do papel. Conforme a Axicle, a Leavitt Insurance, organização de seguradoras independentes dos EUA, vai investir US$ 30 milhões no sistema. Como cada equipamento custa cerca de US$ 4 mil, isso corresponde a 7.500 pedidos.