Você está lendo...
ZF inicia produção do CeTrax, sistema de tração central elétrico para ônibus
Mobilidade

ZF inicia produção do CeTrax, sistema de tração central elétrico para ônibus

Produção em série do ZF CeTrax terá início a partir do segundo semestre e a fabricante de ônibus Solaris será a primeira cliente

Redação

09 de jun, 2020 · 4 minutos de leitura.

ZF inicia produção em série do CeTrax, sistema de tração central elétrico para ônibus
Crédito:ZF/Divulgação
ZF inicia produção em série do CeTrax, sistema de tração central elétrico para ônibus

ZF dará início à produção em série do CeTrax. Trata-se de um sistema de tração central elétrica para ônibus que visa a redução das emissões de poluentes de veículos com motora combustão. De acordo com informações da empresa, o dispositivo será feito a partir do segundo semestre na fábrica de Friedrichshafen, Alemanha.

A CeTrax substitui a transmissão convencional e o motor a combustão. De acordo com informações da empresa, o sitema pode ser utilizado em conjunto com um eixo elétrico AVE 130, específico para ônibus.

LEIA TAMBÉM: Marcopolo cria sistema que desinfeta sanitário de ônibus com luz ultravioleta


O novo dispositivo foi projetado para ônibus com piso elevado, mas pode ser utilizado também em modelos de piso baixo. A potência máxima é de 300 kW (equivalentes a 408 cv) e torque máximo chega a 448 mkgf. As informações foram divulgadas pela fabricante.

Ainda de acordo com a ZF, o CeTrax tem capacidade para subir rampas de até 25%. Com isso, pode atender operações em praticamente qualquer tipo de topografia urbana.

ZF CeTrax é flexível e potente

O ZF CeTrax foi apresentado como um protótipo em 2017. O sistema une motor elétrico e transmissão de dentes retos de uma velocidade com dois estágios com diferencial em um módulo compacto.


O CeTrax pode, segundo a ZF, ser facilmente instalado em veículos com transmissão convencional. E pode ser incluído tanto no projeto de novos veículos como adaptado a plataformas existentes.

O dispositivo pode ainda ser instalado em modelos com tecnologia híbrida, movidos a combustível ou 100% elétricos. De acordo com a ZF, a novidade pode ser instalada no chassis, nos eixou ou mesmo no diferencial do ônibus.

A polonesa Solaris é uma das primeiras fabricantes a adotar o CeTrax. O sistema será utilizado no Urbino 15 LE, seu novo ônibus elétrico. Ainda há informações sobre quando a tecnologia chegará ao Brasil.


"O início da produção em série do CeTrax para ônibus ilustra o pioneirismo da ZF na eletrificação", diz o responsável pelos sistemas de eixos e transmissão para ônibus na ZF, Andreas Grossl. Segundo o executivo, o sistema "é um elemento na construção do caminho para um transporte público livre de emissões."

Atualizado no dia 12/6/2020 às 17h37