Notícias

Volvo renova chassis de ônibus rodoviários B420R+ e B450R+

Nova geração de chassis de ônibus rodoviários da Volvo fica mais equipada e traz atualizações nos sistemas eletrônicos para reduzir o consumo de diesel em até 5%

Andrea Ramos

01 de set, 2021 · 8 minutos de leitura.

Volvo renova sua gama de chassi de ônibus rodoviários" >
Volvo renova sua gama de chassi de ônibus rodoviários
Crédito:Volvo/Divulgação
Volvo renova sua gama de chassi de ônibus rodoviários

A Volvo Buses está renovando sua gama de chassis rodoviários de ônibus. Segundo a empresa, os modelos B420R+ e B450R+ ganharam soluções que podem reduzir o consumo de diesel em até 5%. Assim, a marca informa que está apostando na retomada das vendas. Sobretudo por causa do avanço da vacinação contra a covid-19 no Brasil.

De acordo com a Volvo, os dois chassis são voltados a operações rodoviárias de longa distância. Assim, podem receber carrocerias do tipo doble decker (duplo piso) e low driver. Ou seja, com o posto do motorista rebaixado no primeiro piso.

LEIA TAMBÉM: Mercedes-Benz lança chassi de ônibus elétrico eO500U no Brasil

Em outras palavras, são modelos voltados a trajetos com 400 quilômetros ou mais de distância. Dessa forma, podem ter configurações com tração 6x2 e 8x2. O motor é o Volvo de 13 litros com potências que vão de 420 cv a 450 cv.

Novo Volvo atende Proconve P8

Além disso, os Volvo B420R+ e B450R+ passam a ter novo sistema de Arla 32. Segundo a marca, o dispositivo traz um novo módulo eletrônico de comando. Bem como bomba e injetores atualizados. Logo, já atendem as regras do Proconve P8, que entrará em vigor no Brasil em 2023.

Segundo o presidente da Volvo Buses América Latina, Fabiano Todeschini (foto abaixo), a nova linha chega em um momento importante. Ele se refere aos 60% da população brasileira que receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19.

De acordo com ele, o real também está desvalorizado em relação ao dólar e ao euro. Assim, Todeschini acredita que o turismo dentro do País será favorecido. Sobretudo considerando a proximidade do verão. Ou seja, muita gente deverá viajar de ônibus.

Mais confortável

De acordo com a Volvo, outra novidade está na transmissão automatizada I-Shift. Ou seja, a caixa ganhou atualizações no software que, conforme a marca, garantem trocas de marcha mais rápidas. Assim, as retomadas de velocidade ficaram mais vigorosas.

Como resultado, os novos ônibus também estão mais confortáveis, segundo a Volvo. Nesse sentido, contribui o novo volante multifuncional revestido de couro. Além disso, o diâmetro é 50 mm maior que o do modelo anterior.

Da mesma forma, os Volvo B420R+ e B450R+ trazem vários equipamentos de série. Por exemplo, há controle eletrônico de estabilidade (ESP) e freios a disco com sistemas ABS e EBS. Outra novidade é o  tacógrafo, que passou a ser digital.

Continua depois do anúncio

Ônibus conectados

Entre os opcionais, um dos destaques é o sistema de segurança ativa (SSA). Ou seja, o dispositivo eletrônico traz aviso de risco de colisão frontal. Bem como frenagem automática de emergência e alerta de risco de mudança involuntária de faixa de rolagem, entre outros.

Contudo, a nova geração de chassis da Volvo ficou 5% mais cara que a antecessora. Por isso, a marca  oferece planos de financiamento com condições especiais. Assim, por meio do Finame, o pagamento pode ser feito em até 66 vezes.

Segundo a marca, o cliente pode financiar até 100% do valor do veículo. Além disso, o primeiro pagamento pode ser feito de até seis meses após o fechamento do negócio. De acordo com a área financeira da marca, há outras opções de operações de crédito direto ao consumidor (CDC).

Mercado externo

A marca aproveitou o lançamento dos novos chassis para reforçar o uso do Volvo Bus Conect. Assim, por meio do aplicativo dá para checar informações como a média de consumo e o desempenho de cada veículo. A ferramenta é grátis e está disponível nas lojas Play Store e Apple Store.

Segundo a Volvo, os novos ônibus já estão sendo apresentados aos clientes. Além disso, em breve vão ser exportados para outros países da América Latina. Bem como da África, entre outros mercados. De acordo com Todeschini, o Chile é um dos países mais avançados na retomada das vendas de ônibus.

?Cerca de 80% dos chilenos estão vacinados", diz. De acordo com ele, assim que esse número foi alcançado a marca passou a receber novos pedidos. "Com base no que aconteceu lá, acreditamos que a mesma coisa irá ocorrer aqui", afirma o executivo.

Recompondo a frota

Diretor comercial da Volvo Buses, Paulo Arabian (foto abaixo), conta que a retomada das viagens no Brasil já começou. De acordo com ele, a constatação foi feita por meio dos sistemas de telemetria dos ônibus da marca. "Cerca de 80% dos nossos chassis estão rodando", afirma.

Além disso, ele afirma que as empresas que reduziram a frota no ano passado estão voltando a comprar. "Não se trata de otimismo, mas de uma expectativa baseada em fatos. Tanto que já recebemos vários pedidos novos?, explica.

De acordo com ele, as novas tecnologias também contribuem para a retomada das vendas. Nesse sentido, Arabian cita o aumento do uso de aplicativos para compra de passagens, que traz novas perspectivas de negócios. ?Há ainda o turismo de negócios e o voltado às compras", afirma.