Redação

22/03/2021 - 4 minutos de leitura.

Linha OF de chassis Mercedes-Benz chega aos 50 anos

Nestas cinco décadas, a Mercedes-Benz vendeu mais de 256 mil unidades dos chassis dessa família

Mercedes-Benz
Crédito: Divulgação: Mercedes-Benz

A linha OF de chassis Mercedes-Benz com motor frontal completou 50 anos de existência. Nestas cinco décadas, a fabricante vendeu mais de 256 mil unidades dos chassis dessa família no mercado brasileiro. O volume representa 5 mil unidades por ano e faz do chassi OF 1721 o mais comercializado ao longo das décadas. O primeiro modelo a ser lançado foi o OF 1313 chegou em 1971.

O OF-1721 teve sua primeira versão comercializada entre 1998 e 2004, sendo campeão de vendas do mercado em todos esses anos. De acordo com a Mercedes-Benz, entre 2005 e 2011, com a entrada em vigor da norma Euro 3 no Brasil, ele foi substituído pelo OF 1722. A partir de 2012, já na atual versão Euro 5, este chassi de ônibus voltou a receber a denominação OF 1721.

Chassis OF asseguram robustez e baixo custo operacional

O portfólio atual da linha OF de ônibus Mercedes-Benz inclui os modelos 1519 (urbano), 1519 R (escolar), 1621 (fretamento), 1721 e 1724 (urbano, rodoviário e fretamento, ambos com versões de suspensão metálica ou pneumática).

De acordo com a Mercedes-Benz, há uma trabalho contínuo para que o mercado reconheça a robustez e resistência da família de chassis. A marca também investe constantemente para melhorar o nível de segurança, redução do consumo de combustível e reduzir custo de manutenção.

Fábrica 4.0

Em setembro de 2020, a Mercedes-Benz do Brasil inaugurou sua nova linha 4.0 de Produção de Chassis de Ônibus, na matriz da Empresa em São Bernardo do Campo.

O conceito da nova linha de produção e os modernos recursos asseguram à Mercedes-Benz do Brasil maior flexibilidade para atender às demandas dos clientes.

Ou seja, com o conceito 4.0 a Mercedes-Benz deverá ficar mais competitiva no segmento de ônibus. “Seremos mais fortes nesse mercado”, afirma o diretor de Vendas e marketing da empresa, Walter Barbosa. Atualmente a marca tem 75% de participação no segmento urbano, um dos principais do Brasil.

Com a fábrica 4.0, portanto, o Brasil passa também a ter mais agilidade nas entregas para exportações. Com isso, ganha força nas vendas externas. A nova linha de produção de ônibus da Mercedes-Benz abastecerá outros países da América Latina, além da África e Ásia.

De acordo com a Mercedes-Benz, o projeto é fruto de investimentos de R$ 107 milhões dos R$ 2,4 bilhões que fazem parte do ciclo de previsto no período de 2018 a 2022.

Notícias relacionadas