Notícias

Iveco Bus lança Daily para passageiros de 4,2 e 5 t de PBT

Os novos Iveco Bus chegam nas configurações Vetrato e Minibus com ampla lista de itens de série e preço a partir de R$ 197,5 mil

Andrea Ramos

28 de jul, 2021 · 8 minutos de leitura.

Iveco Bus apresenta as versões Daily de 4,2 t e 5 t de PBT" >
Daily Minibus 50-170
Crédito:Iveco/Divulgação
Iveco Bus apresenta as versões Daily de 4,2 t e 5 t de PBT

A Iveco Bus acaba de lançar no Brasil a nova gama Daily para passageiros. Assim, estão disponíveis as versões Minibus e Vetrato. Segundo a marca, os preços sugeridos partem de R$ 197,5 mil.

De acordo com a Iveco, a Daily Vetrato, envidraçada, é entregue sem bancos. Segundo a marca, com isso o cliente pode fazer a customização mais adequada à sua operação. Por sua vez, o Minibus vem bem equipado de fábrica, informa a fabricante.

Você também vai gostar de


Seja como for, a gama pode ser configurada para vários tipos de aplicação. Por exemplo, em operações urbanas e intermunicipais. Bem como em fretamento, turismo e locação, entre outros.

Iveco Bus: dois pesos e várias medidas

Assim, a nova linha Iveco Bus é oferecida na versão 45-170. Ou seja, com peso bruto total (PBT) de 4,2 toneladas e rodado simples. Portanto, o modelo pode transportar até 15 passageiros, além do motorista.

Além disso, há a configuração 50-170, para 18 ou 20 passageiros, mais o motorista. Nesse caso, há rodado duplo traseiro e o PBT é de 5 t.

Gerente de marketing de produto da Iveco Bus, Roberto Pavan diz que a customização pode ser feita por implementadoras. ?A Iveco oferece sugestões de parceiros. Porém, o  cliente pode escolher o implementador que quiser", diz.

Ampla lista de equipamentos

Seja como for, a linha para passageiros traz os mesmos sistemas de segurança dos modelos para carga. Por exemplo, há controle eletrônico de estabilidade.

Bem como freio com assistência hidráulica. Ou seja, um sistema que reduz a distância necessária para frenagens de emergência, por exemplo.

Da mesma forma, há um recurso que diminui a possibilidade de capotagem. Além disso, há controle de arrancada em rampas, que mantém o freio acionado até que o motorista pressione o pedal do acelerador.

?Estamos em pé de igualdade com os principais concorrentes do mercado. Nossa lista de itens é muito ampla?, diz Pavan.

Diferenciais

Os novos Iveco Bus têm chassi e longarina. Segundo a fabricante, isso garante maior durabilidade em relação ao monobloco. Além disso, foi possível construir o salão com até 1,9 metro de altura interna.

Continua depois do anúncio

A versão Minibus oferece ampla acessibilidade por meio do chamado dispositivo de poltrona móvel (DPM). Esse equipamento posiciona a assento do lado de fora da van.

Assim, o passageiro consegue embarcar e desembarcar com mais facilidade. O recurso é bastante útil também para idosos.

Além disso, o Iveco Daily Minibus traz de série ar-condicionado digital e computador de bordo. Bem como piloto automático e sensor obstáculos na traseira.

Há ainda rádio com Bluetooth e entrada USB, air bag para o motorista e trio elétrico. Por sua vez, na lista de opcionais há air bag para o passageiro da frente, kit multimídia e volante multifuncional, além de câmera atrás.

Herança dos 'irmãos' de carga

O visual da nova gama acompanha o das versões de cargas. Dessa forma, privilegia a aerodinâmica. Entre os destaques está a grade frontal, que pode ser preta ou cromada.

Da mesma forma, o conjunto óptico foi redesenhado. E, assim como nas versões de carga, os novos modelos de passageiros têm para-choque dianteiro tripartido.

Assim, isso reduz os custos de reparo em caso de avarias. Ou seja, dá para trocar apenas a área que foi danificada.

Cabine renovada

Outro destaque é o novo ângulo de inclinação do para-brisa. Além de melhorar a visibilidade, isso contribui com a aerodinâmica.

Da mesma forma, a cabine também foi renovada. Assim, o painel de instrumentos é novo. E há funções como controle de velocidade de cruzeiro e limitador de velocidade.

Bem como alertas sobre a operação e necessidade de manutenção. Por sua vez, o motor F1C é fornecido pela FPT Industrial.

Potência e torque de sobra

Segundo a Iveco, trata-se do quatro cilindros com turbo de duplo estágio e injeção do tipo Common Rail. Assim, esse 3.0 gera 170 cv de potência a 3.500 rpm e 40,8 mkgf de torque às 1.250 rpm.

De acordo com a marca, o motor traz a chamada tecnologia EGR, de recirculação de gases de escape. Ou seja, dispensa o uso do Arla 32 para reduzir as emissões.

O câmbio ZF EL55 é manual de seis velocidades. Ou seja, é a mesma transmissão usada nos modelos de carga. O sistema, avaliado pelo Estradão, contribui com a redução do consumo de diesel.

Iveco Bus quer 10% do mercado

Seja como for, a Iveco informa que deverá oferecer uma versão com transmissão automatizada. A novidade deve chegar em breve.

Segundo a marca, 752 veículos de passageiros foram vendidos no País. Ou seja, isso representa 3,5% de participação de mercado. Porém, a fabricante pretende conquistar 10% do bolo.

Para isso, terá de ampliar a linha de produtos à venda no Brasil. Bem como encarar a concorrência que está cada vez mais acirrada.

Segundo o diretor da Iveco Bus, Danilo Fetzner, no primeiro semestre de 2021 a marca vendeu 821 unidades. Ou seja, 8% do total de 10,4 mil ônibus emplacados no Brasil.