Avaliação

Teste: novo Iveco Daily tem força de caminhão e conforto de carro

Iveco Daily 35-150 é opção de caminhão robusto para o dia a dia, fácil de dirigir como um automóvel e repleto de soluções modernas

Andrea Ramos

01 de jun, 2021 · 14 minutos de leitura.

Novo Iveco Daily tem conforto de carro e força de caminhão" >
Novo Iveco Daily tem conforto de carro e força de caminhão
Crédito:Leo Souza/Estadão
Novo Iveco Daily tem conforto de carro e força de caminhão

O Iveco Daily 35-150, na versão chassi-cabine, representa 50% das vendas da linha no Brasil. Uma das razões para esse sucesso é a boa fama do chassi, considerado o mais robusto da categoria. Nesse sentido, vale destacar que essa reputação é antiga.

Quem atua em operações urbanas e interurbanas diz que o Iveco Daily chassi-cabine suporta bem os impactos com valetas, lombadas e buracos das ruas. Segundo proprietários, é raro o caso de trinca. Ou seja, há menor risco de prejuízos.

Para saber do que o modelo é capaz, o Estradão avaliou o Iveco Daily chassi-cabine na versão 35-150. Ou seja, com peso bruto total (PBT) de 3,5 toneladas. Porém, antes de partirmos para as impressões é importante fazer algumas considerações sobre o modelo.

Novo Iveco Daily mantém chassi antigo

Nesse sentido, a primeira é que o modelo atual foi quase totalmente renovado. E chegou ao mercado brasileiro no ano passado.

Porém, o chassi é o mesmo do Iveco anterior. Isso evidencia a máxima de que “em time que está ganhando não se mexe”.

Assim, as principais atualizações estão relacionadas ao visual e à lista de equipamentos. Nesse sentido, a Daily vendida no Brasil está alinhada com a europeia.

Desenho voltado à economia

Segundo a marca, isso é resultado de investimentos de US$ 30 milhões. Ou seja, algo com R$ 157 milhões na conversão direta, sem impostos.

Seja como for, as atualização também visam diminuir os custos operacionais. Nesse sentido, o para-choque ligeiramente ressaltado tem como objetivo reduzir as avarias em pequenas batidas.

Da mesma forma, a peça é dividida em três partes. Ou seja, em caso de dano, dá para trocar apenas o pedaço que foi danificado.

Avaliamos a versão completa

Além disso, o para-brisa está em posição mais inclinada que o do modelo anterior. Assim, melhora a aerodinâmica. Como resultado, isso contribui para a redução do consumo de combustível.

À primeira vista, também chama a atenção o desenho dos faróis. O conjunto ficou mais afilado e agora avança para as laterais da cabine. Em outras palavras, deu mais personalidade ao caminhão.

Continua depois do anúncio

Enfim, é preciso deixar claro que avaliamos a versão mais completa do novo Iveco Daily. Por exemplo, havia até grade frontal com detalhes cromados. Bem como faróis de neblina e ar-condicionado digital.

Cabine moderna e kit multimídia

Por outro lado, a versão de entrada do modelo tem grade preta. Além disso, não há faróis auxiliares e o ar-condicionado é analógico.

Sob o mesmo ponto de vista, o painel inteiramente renovado se destaca na cabine. Assim como o sistema multimídia com tela de sete polegadas sensível ao toque.

Dessa forma, é possível parear o celular e ativar. Bem como acessar vários funções do Iveco Daily por meio de comando de voz.

Sensor de obstáculos opcional

Do mesmo modo, no volante multifuncional ficam os botões que acionam o telefone e comando de voz. Além disso, o sistema pode ser utilizado para acionar outros recursos.

Seja como for, é possível ativar soluções como controle de velocidade de cruzeiro. Bem como limitador de velocidade e ver mensagens sobre a necessidade de manutenção, por exemplo.

Em contrapartida, o sensor de obstáculos atrás bem que poderia vir de série. Ou seja, o equipamento é opcional e ajuda em manobras sobretudo se o implemento for grande, como um baú.

Sensor de obstáculos faz falta

Por exemplo, o Iveco Daily avaliado tinha baú da 4Truck. As dimensões eram de 4,40 metros de comprimento, 2,30 m de altura e 2,20 m de largura.

Logo, dependendo do tipo de manobra foi preciso pedir a ajuda de uma segunda pessoa. Ou seja, algo que poderia ser facilmente resolvido com o sensor ou uma câmera na traseira.

Segundo a Iveco, o sensor é de série nos furgões. Porém, não é oferecido nas demais versões Seja como for, o dispositivo pode ser instalado por terceiros.

Boa ergonomia

De acordo com a Iveco, isso não causa perda da garantia desde que o instalador “siga as instruções do manual do implementador.” Para isso, há tomadas de energia específicas.

Em lojas virtuais, encontramos o sensor de obstáculos por cerca de R$ 40. Porém, esse valor é apenas do equipamento e não inclui o custo de instalação.

Voltando à cabine, o volante tem boa empunhadura. Além disso, a ergonomia agrada em um veículo em que o motorista passará boa parte do seu dia.

Iveco Daily é focado no motorista

Nesse sentido, apenas o banco do motorista tem regulagem de altura e distância. Portanto, se um dos passageiros tiver mais de 1,85 m, ficará mal acomodo no assento do meio.

Além disso, a alavanca de câmbio fica em posição elevada. Ou seja, embora facilite a tarefa do motorista, reduz o espaço interno para os demais ocupantes.

Por outro lado, a lista de equipamentos do Iveco Daily é ampla. Por exemplo, há o Eco Switch, que ajuda a reduzir o consumo de combustível.

Eletrônica voltada à segurança

Além disso, há controles eletrônico de estabilidade (ESP) adaptativo e tração (ASR). Bem como freios a disco, distribuição eletrônica da força de frenagem (EBD), controle de carga adaptativo (LAC).

Aliás, a segurança é um capítulo a parte. Ou seja, inclui ainda controlador de rolagem (ROM), interação de movimento de rolagem (RMI) e sistema de pré-carga eletrônica de freio (EBP).

Outro bom recurso é a limpeza automática dos discos de freio (BDW). O sistema aproxima as pastilhas do disco, mas sem que haja contato. Assim, garante a retirada de detritos e água, por exemplo.

Bom conjunto mecânico

O baú do Iveco Daily avaliado tinha capacidade para 800 kg de carga útil. Durante a avaliação, rodamos cerca de 200 km com o veículo vazio. E também com cerca de 600 kg de carga.

Assim, o trajeto incluiu trechos urbanos e rodoviários – cerca de 130 quilômetros. Seja como for, o caminhão mostrou valentia em qualquer condição de uso. E no trajeto de 200 km consumiu 8,2 km/l.

Nesse sentido, colabora o bom conjunto mecânico. Ou seja, o motor FPT F1C, com turbo de geometria variável. A potência é de 146 cv a 3.500 rpm e o torque é de 35,7 mkgf entre 1.400 e 2.900 rpm. Por sua vez, a transmissão é ZF 65 480 VO.

Motor trabalha bem em baixo giro

A caixa tem seis velocidade, sendo que a relação da quarta é 1:1 e a quinta e a sexta têm função overdrive. Ou seja, trabalham com o motor em baixa rotação, o que reduz o consumo de combustível.

Por exemplo, com a quinta engatada e rodando a 70 km/h, o motor não passa das 1.100 rpm. Já em sexta marcha e a 85 km/h, a faixa de giro é de 1.500 rpm.

Da mesma forma, em trânsito urbano e com o caminhão carregado foi possível rodar a 40 km/h em quarta. Nesse caso, a rotação variou de 900 rpm a 1.000 rpm.

Turbo e-GTV faz toda a diferença

Ou seja, mesmo com o motor em regime de baixa rotação, há boa oferta de torque. Isso é resultado do uso de turbo de geometria variável, batizado pela Iveco de e-GTV.

Esse tipo de turbo tem um atuador que controla a pressão da turbina, ajustando rapidamente e com precisão suas aletas. Assim, gera a energia necessária conforme a necessidade, evitando desperdício.

Em outras palavras, o desempenho do Iveco Daily é muito bom inclusive em subidas. Aliás, para garantir segurança em arrancadas em aclives, há o Hill Holder.

Turbo e-GTV faz toda

Esse sistema mantém os freios travados por alguns segundos depois que o motorista tira o pé do pedal. Alias, as respostas do Iveco Daily 35-150 lembram muito a de automóveis.

Por exemplo, o diâmetro de giro entre paredes é muito bom. Assim, vai de 13,146 m a 14,099 m, respectivamente para modelos com distância entre os eixos de 3.450 mm e 3,750 mm.

Nesse sentido, não foi difícil manobrar o caminhão no Tênis Clube de Alphaville, em Barueri (SP), onde retiramos a carga de máquinas. Colabora com isso a direção com assistência hidráulica da Bosch.

Veredicto

O Iveco Daily 35-150 entrega o que promete. Ou seja, é forte como um caminhão e fácil de dirigir como um automóvel. Além disso, pode ser guiado por motoristas com carteira de habilitação de categoria “B”.

Da mesma forma, não está sujeito às restrições de circulação em grandes cidades. Ou seja, é uma boa opção para quem procura um veículo para operações de transporte urbano de carga.

Iveco Daily 35-150
Ficha técnica

Preço sugerido (São Paulo) A partir de R$ 175.186 (FIPE)
Cabine Semiavançada, para motorista e dois passageiros
Motor FPT F1C, 3.0, 4 cil., 16V, turbodiesel com intercooler
Potência (cv) 146 cv a 3.500 rpm
Torque (mkgf) 35,7 mkgf entre 1.400 e 2.900 rpm
Tração Traseira, eixo de simples redução DANA 267 de  4,56:1
Transmissão ZF 6S 480 VO de 6 marchas com overdrive
Entre-eixos (mm) 3.450/3.750
Suspensão dianteira Barras de torção, amortecedores telescópicos de dupla
ação e barra estabilizadora
Suspensão traseira Molas semielípticas, amortecedores telescópicos de
dupla ação e barra estabilizadora
Direção Bosch, com pinhão e cremalheira e assistência hidráulica
Pneus e rodas 225/75 R16, rodas de aço, 6,5? x 16,0?, rodado simples
Capacidade do tanque De plástico, 65 litros e 90 litros (opcional)
PBT homologado (kg) 3.500
PBT técnico (kg) 4.200
Fonte: Iveco