Você está lendo...
Volkswagen Meteor terá controle de velocidade de cruzeiro preditivo
Notícias

Volkswagen Meteor terá controle de velocidade de cruzeiro preditivo

O Volkswagen Meteor já está sendo testado pela engenharia e clientes da marca com controle de cruzeiro preditivo (CCP), piloto automático que garante mais economia de diesel

Andrea Ramos

15 de fev, 2022 · 6 minutos de leitura.

Volkswagen Meteor
Volkswagen Meteor
Crédito:VWCO/Divulgação
Volkswagen Meteor

O Volkswagen Meteor vai ganhar controle de velocidade de cruzeiro preditivo (CCP). Ou seja, um recurso eletrônico que integra navegador GPS e câmbio automatizado. Assim, pode antecipar, de forma automática, as condições da via à frente, incluindo a topografia, como subidas e descidas. Com isso, o caminhão pode, por exemplo, escolher a marcha mais adequada sem intervenção do motorista.

Leia também: Avaliamos o Volkswagen Delivery Express+ com motor Euro 6

Para isso, o conjunto inclui a transmissão ZF Traxon. Trata-se do mesmo câmbio que equipa a linha de caminhões DAF XF. Segundo a marca holandesa, o sistema identifica a topografia com 2 km de antecedência. Mesmo que o caminhão nunca tenha passado pelo local. Como resultado, na linha DAF a redução de consumo de diesel chega a 3%.


Assim, o sistema também pode controlar a rotação do motor. Com isso, há redução também do nível de emissões de poluentes.

Volkswagen Meteor com CCP está em testes avançados

Os testes com caminhões Volkswagen Meteor com o CCP estão bem adiantados. E ocorrem em operações reais de clientes da marca. Porém, a fabricante não informou quando o recurso estará disponível. Seja como for, isso deve ocorrer juntamente com as atualizações dos motores da linha de caminhões pesados.

Ou seja, provavelmente no segundo semestre. Isso porque as normas do Proconve P8, equivalentes ao Euro 6, entrarão em vigor no dia 1º de janeiro de 2023. Caminhões menores de até 3,5 t de PBT, como o Delivery Express+ já está enquadrado nas novas regras.


Volkswagen Meteor
VWCO/Divulgação

Lançado no fim de 2020, o Volkswagen Meteor teve pouco mais de 4 mil unidades vendidas desde então. Em janeiro de 2022, os modelos 28.460 6x2 e 29.520 6x4 ficaram, respectivamente, na oitava e na nona posições no ranking de vendas de caminhões pesados. O novo modelo preenche uma lacuna que havia entre o Constellation e o MAN TGX.

Volkswagen Meteor 29.520 tem PBTC de 74 toneladas

Na nova gama, o Volkswagen Meteor 28.460 tem peso bruto total (PBT) de 28 toneladas. Seu motor MAN D26 gera 460 cv de potência e 234,5 mkgf de torque. Trata-se de uma versão destina-se às operações rodoviárias de longas distâncias. Por sua vez, o Meteor 29.520 6x4 tem peso bruto total combinado (PBTC) de até 74 t. O motor gera 520 cv e 254,9 mkgf.


Os dois modelos são equipados com a transmissão automatizada da ZF. Porém, a caixa pode ter 12 ou 16 velocidades, conforme a versão. Além disso, há três configurações de distância entre os eixos. Ou seja, de 3.200 mm, 3.400 mm e 3.600 mm. Da mesma forma, são 11 combinações que incluem da relação do eixo traseiro ao tamanho do tanque de diesel.

Mais opções

"A Volkswagen lançou um veículo que não existia no portfólio", diz o consultor comercial da área de vendas de extrapesados da VWCO, Cláudio Santos. "Nossa estratégia foi apresentar um produto cujas peças são localizadas. Além disso, desenvolvido pela engenharia brasileira."

Volkswagen Meteor
VWCO/Divulgação

Ou seja, se o cliente pedir algo que não exista na linha regular, a solução pode ser desenvolvida pela empresa no Brasil. "Cada operação é de um jeito. E com o Volkswagen Meteor conseguimos atender com mais agilidade à necessidade do cliente", explica Santos.

De acordo com ele, o motor de 520 cv é o mais buscado pelos clientes. Trata-se do mais potente oferecido pela empresa no País. Segundo Santos, mesmo com a crise causada pela falta de componentes, a VWCO vem conseguindo atender os pedidos. No mercado como um todo, a espera por um caminhão pesado novo gira em torno de 120 dias.

Deixe sua opinião