Você está lendo...
Volkswagen Delivery celebra 150 mil unidades vendidas
Notícias

Volkswagen Delivery celebra 150 mil unidades vendidas

Dos primeiros modelos até a versão elétrica. Conheça a trajetória dos caminhões Volkswagen Delivery

Redação

09 de abr, 2021 · 4 minutos de leitura.

Volkswagen Delivery
Crédito:Divulgação: VWCO

A Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) chegou nesta semana à marca da fabricação de 150 mil caminhões da linha Delivery. A história da família de caminhões com vocação urbana começa em 2006. E se mistura a do nascimento das zonas máximas de restrição em grandes centros urbanos do País. O objetivo das cidades era, portanto, restringir a circulação de caminhões pesados nas ruas para aliviar grandes congestionamentos.

A oferta de um produto adequado às necessidades urbanas da época garantiu à Volkswagen uma história bem-sucedida para a família de caminhões semileves e leves.

A princípio a marca vendia dois modelos. Sendo um de 5 e outro de 8 toneladas de PBT. Depois,  a família cresceu ao longo dos anos e em 2017 recebeu uma renovação completa,


Atualmente, são oito modelos à venda, de 3,5 a 13 t. Trata-se do Delivery Express 4.160, 6.160, 9.170, 11.180, 13.180, 11.180 4x4 e o Delivery Express +.

De acordo com a montadora, a primeira geração da linha Delivery chegou a 107 mil unidades produzidas e a geração atual 43 mil unidades.


O modelo é exportado para 15 países. Para produzir a nova geração, A empresa está investindo R$ 1 bilhão. Vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da VWCO, Ricardo Alouche afirma que a evolução dessa família fez com que os modelos se tornassem referência no segmento de entregas urbanas.

Versão elétrica

A evolução da linha Delivery continua com o lançamento de um modelo elétrico que está previsto para este ano. O e-Delivery também tem vocação urbana e será, portanto, o primeiro caminhão elétrico totalmente desenvolvido e fabricado no Brasil.

De acordo com a VWCO, o veículo está em fase final de testes, treinamento e capacitação de toda a cadeia de fornecimento envolvida na produção do caminhão. O Estradão noticiou recentemente que produção dos caminhões elétricos está confirmada para este semestre.


A VW Caminhões e Ônibus trabalha no projeto do e-Delivery há cerca de cinco anos. Sendo dois deles dedicados aos testes práticos. Dessa forma, o modelo já percorreu mais 30 mil quilômetros em testes de engenharia. Ou seja, nesse período o caminhão opera em condições reais. Na distribuição de bebidas da Cervejaria Ambev em São Paulo. Nesse sentido, a Ambev deixou de emitir com o e-Delivery mais de 22 toneladas de CO2 na atmosfera. E, até o momento, deixou de consumir mais de 6,5 mil litros de diesel.

Deixe sua opinião