Renault começa a produzir caminhões elétricos D e D Wide

A Renault Trucks acaba de iniciar a produção em série de seus caminhões elétricos na Europa com os modelos D e D Wide, voltados às operações urbanas.

caminhões elétricos
renault-trucks-ze-range-2019 Crédito:

A Renault Trucks acaba de iniciar a produção em série de seus caminhões elétricos na Europa. Os primeiros modelos do tipo feitos pela marca de origem francesa são o D e o D Wide, voltados às operações urbanas.

Caminhões elétricos

Segundo informações da Renault, o início da produção marca um momento decisivo na transformação da mobilidade urbana.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

A linha de produção dos caminhões elétricos da Renault está localizada na fábrica de Blainville-sur-Orne, na Normandia. Até então a planta, inaugurada em 1957, era focada na  produção de veículos médios e cabines.

Fábrica já fazia cabines

Em média, são feitas diariamente cerca de 240 cabines e 72 caminhões de distribuição na planta localizada no norte da França. Uma nova área, com 1.800 m², foi erguida para comportar a produção de caminhões elétricos.

Além da linha de montagem, o prédio tem um espaço voltado exclusivamente ao armazenamento de componentes. A área onde ficam guardadas as baterias, por exemplo, tem temperatura controlada.

De acordo com informações da Renault, os modelos elétricos deverão representar 10% da produção de caminhões da empresa. A marca produz o furgão Master Z.E elétrico desde o início do ano passado.

Caminhões elétricos têm PBT de até 36 t

A fabricante testou sua linha de caminhões elétricos em condições reais de transporte juntamente com clientes por mais de dez anos. Os modelos que entram na linha de produção são o D e D Wild Z.E.

Com o início da produção dos novos modelos, a fabricante francesa passa a contar com uma gama de caminhões elétricos direcionados às operações urbanas de 3,5 a 26 toneladas de peso bruto total (PBT).

Iveco e Volvo já fabricam caminhões elétricos

A Renault não está sozinha. Várias fabricantes europeias estão investindo fortemente no segmento de caminhões elétricos, como a Iveco e Volvo, por exemplo.

Iveco, a FPT (empresa da CNH Industrial) e a Nikola Motor Company anunciaram o início da produção em série do caminhão elétrico Nikola Tre. O cavalo-mecânico será feito na fábrica da Iveco em Ulm, na Alemanha. O Nikola Tre é baseado no Iveco S-Way, tem motor elétrico alimentado por célula a combustível e será lançado em 2023.

Caminhões elétricos

A Volvo Trucks, por sua vez, começou a aceitar encomendas dos caminhões elétricos FL e FE em novembro de 2019. Inicialmente o oferta é focada na Suécia, Noruega, Alemanha, Suíça, França e Países Baixos.

A produção começa ainda em março. A fabricante informa que espera que a iniciativa promova novas oportunidades para o planejamento urbano e a infraestrutura viária.



Notícias relacionadas