Você está lendo...
PepsiCo cria baú de plástico reciclável com embalagens de salgadinhos
Notícias

PepsiCo cria baú de plástico reciclável com embalagens de salgadinhos

Material utilizado na fabricação do baú da PepsiCo utiliza embalagens de salgadinhos e garrafas PET de refrigerantes das marcas da empresa

Redação

17 de jan, 2022 · 4 minutos de leitura.

PepsiCo desenvolve baú de plástico reciclável
PepsiCo desenvolve baú de plástico reciclável
Crédito:PepsiCo/Divulgação
PepsiCo desenvolve baú de plástico reciclável

A PepsiCo já roda com um implemento rodoviário feito de plástico reciclado de embalagens de salgadinhos e de garrafas PET. Ou seja, são os materiais usados nas embalagens dos vários produtos das marcas da empresa. Dessa forma, a multinacional quer chamar a atenção para suas políticas de sustentáveis no transporte de carga.

Não por acaso, a PepsiCo também anuncia a expansão da sua frota de veículos elétricos e modelos movidos a gás natural. No total, a empresa adquiriu 25 novos caminhões que utilizam combustíveis mais limpos. Dessa forma, são 19 elétricos JAC iEV 1200T, uma unidade do Volkswagen e-Delivery e cinco modelos Scania a gás natural.

Para a fabricação do implemento, as embalagens de BOPP e PET passaram por processo químico. Assim, misturados a outros componentes, reduzem a quantidade de fibra de vidro utilizada na fórmula original. Do mesmo modo, o material passou por testes a fim de assegurar a segurança e durabilidade. Entre eles, o de envelhecimento artificial estimado em 10 anos, bem como elasticidade e condução de calor.


LEIA TAMBÉM
Diesel começa 2022 mais caro nas refinarias; veja o preço médio

PepsiCo quer usar o baú reciclável em toda a frota

Segundo a companhia, os resultados foram positivos. E demonstram a possibilidade de utilizar o baú em larga escala em sua frota. O projeto contou com cerca de 3 quilos de embalagens plásticas de BOPP. Ou seja, o número representa cerca de 750 pacotes de salgadinhos. Já os 18 Kg de plástico PET se traduzem em aproximadamente 368 garrafas.

"Ações como essa reforçam o nosso compromisso com a sustentabilidade. E com a economia circular do plástico. É um material para o qual buscamos alternativas para que não se torne lixo e possa ser ressignificado. Apenas com o projeto de carroceria sustentável, pretendemos reciclar aproximadamente 5 toneladas de plásticos em um ano", afirma o diretor de transportes da PepsiCo Brasil, Anderson Pinheiro.


Com os baús feitos de embalagens de salgadinhos e garrafas PET, as ações da PepsiCo buscam cumprir a meta que visa reduzir as emissões de gases de Efeito Estufa em 40% em toda a sua cadeia produtiva até 2030.