Notícias

Novo DAF XF já tem 2 mil vendas no Brasil

Lançado no Brasil há cerca de seis meses, o novo DAF XF é recheado de sistemas eletrônicos e acaba de alcançar a marca de 2 mil unidades vendidas

Redação

23 de abr, 2021 · 7 minutos de leitura.

DAF vendeu mais de 2 mil novos XF
DAF vendeu mais de 2 mil novos XF
Crédito:DAF/Divulgação
DAF vendeu mais de 2 mil novos XF

As soluções tecnológicas do novo DAF XF caíram no gosto do transportador brasileiro. Prova disso é que o modelo, cujas vendas começaram em outubro 2020, já teve 2 mil encomendas. De acordo com a marca, 30% desses caminhões têm o pacote de sistemas eletrônicos de segurança.

Ou seja, os números do DAF XF são muito acima da média do mercado. Na Scania, por exemplo, esse tipo de sistema está em cerca de 5% dos caminhões vendidos. E na Volvo, em 20%. A Mercedes-Benz é a única marca que oferece soluções de segurança ativa como de série.

Por outro lado, no DAF XF o pacote é opcional. Batizado pela marca de Safety (segurança) custa em torno de R$ 9 mil. Ou seja, trata-se de um investimento baixo. Sobretudo ao considerar seus benefícios e o preço do cavalo-mecânico, que sai em torno de R$ 635 mil na configuração Exclusive, por exemplo.

Eletrônica a serviço da segurança

Assim, o Safety traz sistema de controle de velocidade cruzeiro adaptativo (ACC) e de frenagem de emergência (AEBS). O primeiro acompanha o fluxo do trânsito e o outro pode frear o caminhão sozinho.

Há ainda aviso de saída involuntária da faixa de rolamento (LDSW). Além disso, o DAF XF tem um recurso que reduz o risco de colisão dianteira (FCW). Ele alerta o motorista sobre a iminência de acidente. Para isso, utiliza sinais sonoros e luzes no painel de instrumentos.

Da mesma forma, há controle eletrônico de estabilidade (VSC). Ou seja, o dispositivo evita que o caminhão saia da trajetória. Com isso, reduz o risco de acidentes como efeito canivete e capotamento.

Novo DAF XF mira o menor consumo de combustível

De acordo com a DAF, esses recursos não contribuem apenas com a segurança. Nesse sentido, servem também para melhorar a dirigibilidade e, portanto, a redução do consumo de combustível.

No mesmo sentido, o DAF XF traz o novo motor Paccar MX-13, de 12,9 litros. Ou seja, o seis-cilindros foi desenvolvido para trabalhar em rotações baixas. Assim, o atrito entre as peças internas é menor.

Como resultado, há boa oferta de torque em baixa rotação. Ou seja, na versão de 480 cv, os 255 mkgf são entregues a partir de 900 rpm. Da mesma forma, na opção com 530 cv, são 265 mkgf às 1.000 rpm.

Transmissão para lá de eficiente

Além disso, o novo DAF XF é oferecido com opções de tração 4x2, 6x2 e 6x4. A transmissão é a ZF Traxon. Essa caixa automatizada tem 12 marchas e mais duas reduzidas. E, como o Estradão pôde comprovar durante a avaliação do modelo, ela é extremamente eficiente.

Nesse sentido, traz soluções voltadas à redução do consumo de diesel. Por exemplo, há Controle de Cruzeiro Preditivo (CCP). Ou seja, por meio do navegador GPS, o sistema "sabe" como será o traçado da via à frente.

Continua depois do anúncio

Portanto, pode engatar, de forma automática, a marcha ideal para cada situação. Ou seja, pode reduzir marchas sozinho antes do início de uma subida de serra, por exemplo. Tudo sem necessidade de atuação do motorista.

Redução das emissões

Na prática, o sistema ?enxerga? a via com antecedência de 2 km. E, como utiliza o sinal do GPS, sabe o que está à frente mesmo que o DAF XF nunca tenha passado pelo local.

Com resultado, a redução das emissões chega a 3% em relação. Segundo informações da DAF. De acordo com o diretor de vendas da DAF, Antenor Frasson Jr, a redução de consumo é de até 14%.

Há também diferentes opções de modos de condução. Ou seja, é possível escolher a alternativa mais adequada conforme a necessidade.

Boa oferta de equipamentos

Seja como for, o novo DAF XF não se destaca apenas pelos opcionais. Nesse sentido, o caminhão vem bem equipado desde a versão de entrada na linha.

Por exemplo, o ar-condicionado é de série. Além disso, a soma da capacidade de todos os porta-objetos é de 800 litros. Ademais, a geladeira, localizada sob a cama, tem 43 litros.

?Por seus atributos, o Novo XF está em evidência entre motoristas e transportadores. Para a DAF, este é um importante reconhecimento?, afirma Frasson.