Redação

09/12/2020 - 5 minutos de leitura.

Mercedes-Benz lança edição especial do bicudo Atron 1635

Mercedes-Benz iniciou hoje a venda do Atron 1635 edição especial com 12 unidades. Modelo pode ser adquirido pelo showroom virtual da marca

Mercedes-Benz lança edição especial do Atron 1635
Crédito: Mercedes-Benz/Divulgação

A linha de caminhões Atron, da Mercedes-Benz, foi emblemática por ter sido a última geração com cabine bicuda a ser comercializada no País. E quando parou de ser produzida, em junho, deixou fãs da marca entristecidos. Por essa razão, a fabricante quis fechar o ciclo em alto estilo lançando a edição especial do Atron 1635.

O modelo está a venda no Showroom Virtual Star Online. A Série Especial tem tiragem limitada de 12 unidades, com sequência numerada de 01 a 12. Além de um certificado para o proprietário. Assim, esses Atron 1635 tornam-se históricos e exclusivos. E são efentivamente os últimos caminhões bicudos que saem da linha de produção da fábrica da Mercedes-Benz do Brasil, em São Bernardo do Campo.

Para tornar esse momento ainda mais marcante, a série especial do Atron 1635 ganhou uma adesivação especial. Também conta com itens como rodas de alumínio, climatizador, geladeira portátil e rádio com entrada para USB.

“O Atron 1635 é o último caminhão bicudo que produzimos. E o último representante de uma geração de modelos que ajudaram a construir e consolidar a presença da marca no País”, diz o diretor de vendas e marketing caminhões da Mercedes-Benz, Ari de Carvalho.

Os caminhões, com cabine semiavançada, eram formados por uma família extensa, composta tanto por cavalos mecânicos como por caminhões rígidos. Entre eles, os pesados LS 1935 e LS 1941, antecessores do Axor, e os médios e semipesados de 12, 14, 16 e 23 t de peso bruto total (PBT), estes, substituídos hoje pela linha Atego.

Por décadas atuaram nas mais diversas aplicações. Entre elas baú, carga seca aberta, baú frigorificado, basculante e uma infinidade de carrocerias.

“Com o passar do tempo, esse tipo de veículo foi perdendo espaço no mercado brasileiro. E foi substituído pelos modelos com cabine avançada, o cara chata.

Axor substitui o Atron

Para continuar atendendo os clientes e fãs do Atron, a Mercedes-Benz anunciou que o sucessor do 1635 é o Axor, nas versões 2036 4×2 e 2536 6×2, ambos cavalo mecânico. A vantagem do modelo frente ao antecessor é a capacidade de carga. O modelo entrega ainda a mesma robustez e resistência do Atron, segundo a fabricante.

“A produção do Atron chegou ao fim seguindo um processo natural de evolução tecnológica de nossa linha de caminhões. O Axor irá manter aquilo que os clientes já conhecem e aprovaram no Atron 1635”, diz Ari de Carvalho.

Um site para rememorar bicudos como o Atron 1635

Visando aquecer a memória e a emoção desse momento marcante para a empresa, seus clientes e para todos que têm paixão pelos modelos bicudos, a Mercedes-Benz criou a campanha #OcaminhãoQueFezHistória. São várias ações em redes sociais e com um site que reúne muitas curiosidades e informações sobre esses caminhões da marca.

Notícias relacionadas