Gestão

JSL lança programa para contratar motoristas mulheres

Objetivo da JSL é ampliar o quadro de mulheres motoristas de caminhão que, segundo a empresa, são mais cuidadosas e responsáveis ao volante

Redação

17 de ago, 2021 · 4 minutos de leitura.

JSL lança programa de capacitação para motoristas mulheres" >
Mulheres Na Direção 4
Crédito:JSL/Divulgação
JSL lança programa de capacitação para motoristas mulheres

A JSL, operadora logística do Grupo Simpar, abriu inscrições para o Programa Mulheres na Direção. Com isso, a empresa oferece um curso de capacitação para mulheres que queiram atuar como motoristas. Seja de caminhão, empilhadeira ou ônibus.

Leia também: Volvo usa cachorros para mostrar eficiência do caminhão VNL com 2 turbos 

De acordo com a empresa, trata-se de uma iniciativa inédita no setor. Assim, o objetivo é oferecer mais oportunidades às mulheres no segmento de transporte. Para participar, basta ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) da categoria "E". Bem como disponibilidade para viagens.

Primeiramente, as interessadas podem se inscrever pelo site dedicado até o dia 20 de agosto. Depois, haverá um processo de seleção das candidatas. Assim, essa fase vai do dia 23 ao dia 30 de agosto.

Enfim, o treinamento para as motoristas selecionadas está marcado para começar no dia 2 de setembro. As aprovadas nessa fase vão ser contratadas. Inicialmente, na função de trainee e pelo período de 45 dias.

Curso será na JSL de Itaquaquecetuba

Porém, as mais bem avaliadas terão o contrato estendido por mais 45 dias. Nesse meio tempo, as motoristas receberão o treinamento. Segundo informações da JSL, a carga total é de 360 horas.

Assim, as motoristas vão participar de aulas aulas práticas e teóricas. Ou seja, o curso será no Centro Logístico da JSL. Essa unidade fica em Itaquaquecetuba, na grande São Paulo.

Por fim, as motoristas aprovadas vão ser contratadas. De acordo com a JSL, há vagas em unidades do grupo no Estado de São Paulo. Ou seja, em  Itaquaquecetuba, Jacareí, Louveira, Piracicaba e São Bernardo do Campo.

Menos manutenção e mais segurança

Atualmente, 103 mulheres trabalham como motoristas na JSL. Porém, apenas dez exercem a função de caminhoneira. Portanto, o programa visa ampliar a participação delas como motoristas de caminhão. Sobretudo nas operações de transporte e logística.

Segundo informações da empresa, ter mulheres como motoristas resulta em muitos benefícios. Assim, o alto senso de responsabilidade é uma das virtudes delas. Bem como por serem bastante cuidadosas com os veículos que dirigem.

No mesmo sentido, elas costumam ter mais atenção com as leis do trânsito e as regras de segurança. Como resultado, para a empresa isso se traduz na redução de gastos com manutenção. Bem como com o gerenciamento de infrações ao volante.

Continua depois do anúncio