Redação

24/01/2020 - 4 minutos de leitura. Atualizado: 23/01/2020 | 17:28

Hyundai e Kia investem em veículos comerciais elétricos

Objetivo do investimento da Hyundai e Kia na startup britânica é desenvolver e produzir veículos comerciais de entrega urbana com propulsão elétrica que serão lançados em 2021

Hyundai e Kia investem em veículos comerciais elétricos
Crédito: Arrival/Divulgação

Hyundai e Kia vão investir € 110 milhões (cerca de R$ 500 milhões) na Arrival. O foco da startup é a produção de veículos elétricos no Reino Unido. Segundo informações do grupo sul-coreano, o primeiro fruto da parceria serão vans, com lançamento previsto para 2020.

Fundada em 2015 e com sede em Londres, a Arrival produzia veículos com motor a combustão. Recentemente, a empresa desenvolveu uma van futurista para transporte de cargas. A autonomia é de 300 milhas, o equivalente a 480 quilômetros, de acordo com informações da companhia.

O objetivo da parceria é o desenvolvimento de vários veículos elétricos. Inicialmente, a empresa vai se dedicar a modelos para uso comercial.

A startup também informou esses veículos terão recursos avançados de assistência ao motorista. Mas não revelou detalhes acerca desses sistemas. a meta e que esses produtos estejam aptos a receber soluções voltadas à direção autônoma (sem motorista) no futuro.

A Arrival não está sozinha. Recentemente a startup sueca Volta Trucks apresentou o HGT. O veículo de transporte de carga é parecido com o modelo da companhia britânica. Os dois têm desenho que remete ao de um microônibus.



visual futurista do modelo fruto da parceria entre a Arrival, Hyundai e Kia lembra o da van comercial da startup sueca Volta

 

Hyundai e Kia terão elétricos competitivos

Os veículos que surgirão da parceria entre a Arrival, Hyundai e Kia terão propulsão 100% elétrica. O objetivo é que os novos produtos sejam vendidos por preços semelhantes ao de modelos similares com motor a combustão.

Esse modelos poderão ser feitos  em “microfábricas”, de acordo com informações da Arrival. A estratégia é diferente da utilizada pela Tesla. A marca norte-americana aposta em plantas gigantes para a produção de seus veículos elétricos.

Recentemente, a Arrival, que vinha atuando com discrição, contratou Michael Ableson. O executivo veterano, que atuou na General Motors, comandará as operações da startup na América do Norte.

Sediada em Banbury, no condado de Oxfordshire, na Inglaterra, a Arrival tem 800 funcionários. O time está espalhado por cinco países, incluindo Alemanha, Rússia e Israel.

Vários protótipos da empresa já estão em testes. As vans foram incorporadas às frotas da Royal Mail, que opera um dos serviços postais mais antigos do Reino Unido, e as gigantes da área de logística DHL e UPS.

Notícias relacionadas