Redação

02/04/2021 - 4 minutos de leitura.

Gigante desaparecido da Ford é reencontrado após quatro décadas

O caminhão da Ford de 600 cavalos e 30 metros de comprimento era uma projeto futurista da montadora. Mas ele foi descontinuado e desapareceu

Ford
Crédito: The Drive

Atualmente, a grande aposta das montadoras é o desenvolvimento de caminhões movidos a energia elétrica, mas nem sempre foi assim. Na década de 1960, as fabricantes de automóveis e caminhões preparavam protótipos de carros e de caminhões com motorizações a jato e alguns até chegaram nas mãos do público para testes. Foi nesta época que começou a história do Big Red, caminhão futurista da Ford. E quem a resgatou foram os sites The Drive e Auto Papo.

A Ford apresentou o Big Red que é, na verdade, um semi-caminhão com turbinas movidas a gás, em uma feira mundial de Nova York, em 1964. O protótipo de 30 metros de comprimento agradou muito o público porque era inovador e tinha uma motor de 600 cv de potência que era um verdadeiro experimento lunar.

Leia também: Investir em caminhões a gás ou elétricos é um bom negócio?

Entretanto, como a tecnologia não era viável, a Ford desativou o projeto do caminhão. De acordo com o site The Drive, após ser descontinuado, o Big Red passou por vários proprietários, mas desapareceu no início dos anos 80.

The Drive

No entanto, o site The Drive descobriu que o caminhão ainda existe e está nas mãos do atual proprietário de uma empresa chamada H&M. Ele é filho do cofundador, John Holman. E o proprietário restaurou totalmente o caminhão.

O resgate e a história do Big Red

Mas como ele foi parar nas mãos do atual proprietário? De acordo com investigações do site The Drive, o último registro público do caminhão mostrou que ele pertencia a Holman-Moody, a antiga equipe de corrida patrocinada pela fábrica da Ford. E estava estacionado em um hangar de armazenamento em Charlotte, Carolina do Norte. Pelo menos até o final dos anos 1970. Isso, de acordo com  fotografias e numerosos relatos de testemunhas oculares.  

The Drive

A Ford projetou o Big Red sob o olhar atento do engenheiro automotivo Roy Lunn. Ele é dono de projetos como, por exemplo o Ford GT40 e muitos outros. Seu motor de turbina, chamado 705, foi desenvolvido internamente pela Ford e produzia 600 cavalos de potência.

Notícias relacionadas