Redação

12.08.2020 | 15:00

Financiamento de veículos pesados cresce 8% em julho

Dados da B3 mostram que o número de contratos de financiamento para compra de veículos pesados cresceu 8% em julho puxado, principalmente, pelo segmento de usados

Financiamento
Crédito: VWCO/Divulgação

O número de contratos de financiamento de veículos pesados cresceu 8% em julho de 2020 na comparação com junho. Isso inclui caminhões, ônibus e implementos rodoviários novos e usados. Segundo a B3, que opera o Sistema Nacional de Gravame, 24.694 veículos pesados foram adquiridas no mês passado por meio de pagamento a prazo. Em junho, foram registradas 22.857 operações do tipo.

Na comparação com julho de 2019, o resultado ficou estável, com apenas 0,1% de queda. No mesmo mês do ano passado, foram realizados 24.671 contratos de financiamentos para compra de veículos pesados no Brasil.

LEIA TAMBÉM: Faturamento de operadoras logísticas cresce 23,8%, diz Abol

O avanço das vendas a prazo foi impulsionado pelo segmento de usados. O volume de financiamentos de veículos de segunda mão cresceu 10,4%. Foram 12.632 contratos registrados em julho, ante 11.443 em junho. Na comparação com as 12.819 unidades vendidas a prazo em julho de 2019, houve recuo de 1,5%, segundo dados da B3.

As vendas de veículos usados estão em alta no País. Considerando todos os segmentos, o número de transferências registradas em julho foi 53% maior que o de junho. As informações são da Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionárias do Brasil.

Presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Jr lembra que o bom resultado de julho inclui transferências já feitas, mas que não haviam sido registradas. O atraso ocorreu por causa da interrupção de parte dos serviços dos Detrans. As unidades ficaram bastante tempo fechadas em cumprimento às regras de isolamento social em virtude da pandemia.

Financiamento de novos volta a crescer

O número de financiamentos de veículos pesados novos apresenta crescimento um pouco menor que o de. Em julho, o avanço foi de 5,7% ante junho. Em números absolutos, foram fechados 12.062 contratos no mês passado e 11.414 no mês imediatamente anterior.

Em julho, as compras a prazo cresceram (1,8%) também na comparação com o mesmo mês de 2019. Em julho do ano passado, 11.852 veículos pesados novos foram adquiridos no Brasil por meio de financiamento, segundo a B3.

Notícias relacionadas