Você está lendo...
Einride cria semirreboque elétrico que amplia a autonomia aos caminhões
Notícias

Einride cria semirreboque elétrico que amplia a autonomia aos caminhões

Tal como uma bateria extra de celular, o semirreboque elétrico da Einride pode tracionar caminhões e promete aumentar autonomia de fábrica

Redação

27 de mai, 2022 · 4 minutos de leitura.

Einride desenvolve semirreboque elétrico
Einride desenvolve semirreboque elétrico
Crédito:Einride/Divulgação
Einride desenvolve semirreboque elétrico

A sueca Einride desenvolveu um semirreboque elétrico que funciona como uma bateria extra para caminhões elétricos e autônomos. Ela fica acoplada na traseira e promete ampliar a autonomia desses veículos para além dos limites de fábrica. Com o novo produto, a fabricante promete, assim, aumentar o alcance dos caminhões e reduzir gastos e o número de paradas - ou seja, vai poupar tempo com menos recargas.

LEIA TAMBÉM
Volkswagen e-Delivery 11.180 4x4 encara o off-road e vai bem no trânsito urbano

Isso é possível graças ao pacote de baterias com capacidade de 320 kWh. Elas ficam nas laterais do chassi do semirreboque. Dessa forma, um caminhão elétrico conectado ao novo implemento pode percorrer até 650 km, segundo informações da Einride.


O projeto, conforme diz a companhia, vai ajudar os transportadores a migrar de vez para a propulsão elétrica, com mais autonomia a um custo competitivo. "Falta muito para o setor de transporte virar a chave para a eletrificação. E a Einride quer acelerar essa mudança no setor de cargas?, resume o chefe da fabricante, Robert Falck.

Einride desenvolve semirreboque elétrico
Einride/Divulgação

Inteligência embarcada

O semirreboque traz informações dinâmicas, por meio da one-ride Saga. Esta é a plataforma da Enride que faz a comunicação entre a carreta e o cavalo-mecânico. Dessa forma, os operadores podem extrair dados em tempo real.


Por meio do Saga, o trailer da Einride mostra o peso da carga transportada e a condição em tráfego, por exemplo. Além disso, faz o planejamento da rota e privilegia a eficiência, com paradas para recarga apenas quando necessário. A plataforma permite ainda monitorar as condições do veículo, com dados sobre períodos de manutenção.

Os clientes também terão acesso a novas informações. Elas chegam a partir de outubro e terão dados sobre o custo da operação. Bem como a emissão de CO2 em cada viagem. Outros aplicativos estão em desenvolvimento e chegarão conforme demanda de mercado.

O desenho futurista do semirreboque da Einride

Einride desenvolve semirreboque elétrico
Einride/Divulgação

O novo implemento conta com um desenho incomum. Ainda mais quando se compara aos já existentes. Seus cantos são arredondados. Portanto, quase não há bordas e o formato ajuda a melhorar a aerodinâmica. A estética futurista chama a atenção. 

Seja como for, vale lembrar que, no final de 2021, a Einride encomendou 120 caminhões. Todos eles do modelo eActros, da Mercedes-Benz. Trata-se do maior pedido de caminhões eletrificados já feito pela marca. Contudo, estima-se que esses veículos serão usados para puxar o novo semirreboque. Já que a sueca quer colocar o implemento em testes com clientes ainda em 2023. Ou seja, já daqui a alguns meses.

Deixe sua opinião