Redação

29/04/2021 - 4 minutos de leitura. Atualizado: 28/04/2021 | 19:34

Daimler e GE criam posto de recarga de caminhões elétricos

A Ilha Elétrica fica perto da fábrica da Daimler Trucks, nos EUA, e permitirá a recarga de caminhões, ônibus, vans e automóveis

Daimler estação de carregamento
Daimler estação de carregamento Crédito: Daimler Trucks/Divulgação

A Daimler Trucks e a General Electric inauguraram uma estação de carregamento de caminhões eletrificados. A chamada Ilha Elétrica fica em Portland, no Estado de Oregon, EUA. Com oito estações, também vai atender ônibus, veículos leves de carga e automóveis.

LEIA TAMBÉM: Testamos o caminhão autônomo Axor 3131 da Mercedes-Benz

Segundo as empresas, o espaço é de uso público. Assim, vai ajudar a acelerar a implantação da infraestrutura para veículos elétricos. Sobretudo os comerciais.

Não por acaso, a estação fica perto da sede da Daimler Trucks North America (DTNA). A ilha permite a recarga das baterias de caminhões médios e pesados.

Corredor ‘verde’ terá 2 mil km

Dessa forma, a Ilha Elétrica está ​​alinhado ao West Coast Clean Transit Corridor Initiative. Ou seja, ao projeto de criação de um corredor para veículos “limpos”.

Nesse sentido, nove concessionárias de energia e duas agências do governo se uniram. Assim, será criada uma rota para caminhões elétricos com 1.300 milhas. Ou seja, cerca de 2 mil km.

Assim, vai passar por três Estados da costa oeste dos EUA. Ou seja, Califórnia, Oregon e Washington. Nesse sentido, haverá postos de recarga para os caminhões elétricos que rodarem nessas estradas.

Testes variados

“Pela primeira vez, entregamos o caminhão e todo o ecossistema em torno dele”, diz o engenheiro-chefe da DTNA, Nate Hill. Segundo ele, os caminhões foram testados com vários tipos de carregadores.

De acordo com Hill, foi possível avaliar o desempenho de cada um deles. “Também experimentamos softwares diferentes para gerenciar esses carregadores”, diz.

Além disso, a estação é flexível. Ou seja, poderá receber tecnologias que venham a ser desenvolvidas. Também tem capacidade de até 5 MWh. Isso equivale ao consumo de 7.500 casas populares.

Daimler fará caminhões elétricos médios e grandes

Do mesmo modo, a Ilha Elétrica pode abrigar tecnologias complementares. Como armazenamento de energia, por exemplo. Bem como sistemas que permitam a operação conjunta de várias tecnologias.

“Estamos ajudando a moldar o futuro do transporte de carga livre de carbono”, afirma o CEO da DTNA, John O’Leary. Isso é fruto da colaboração com grandes parceiros, como a Portland General Electric”,

Segundo a Daimler, o próximo passo será a produção em série de caminhões elétricos de médio e grande porte. “Isso ocorrerá em breve na nossa planta de Portland”, diz o executivo.

Notícias relacionadas