Você está lendo...
CES mostra que caminhões e ônibus logo serão autônomos e elétricos
Tecnologia

CES mostra que caminhões e ônibus logo serão autônomos e elétricos

Empresas mostram avanços em soluções autônomas e elétricas para o transporte durante a CES 2022 que ocorre em Las Vegas, Estados Unidos

Andrea Ramos

06 de jan, 2022 · 9 minutos de leitura.

Na CES a automação e eletrificação dos veículos foram os destaques
Na CES a automação e eletrificação dos veículos foram os destaques
Crédito:Paccar/Divulgação
Na CES a automação e eletrificação dos veículos foram os destaques

Por causa do avanço da variante Ômicron da Covid-19, algumas empresas cancelaram a participação na Consumer Eletronics Show (CES 2022). Mas a feira de tecnologia está aberta desde quarta-feira (5) em Las Vegas, Estados Unidos, e termina um dia antes do previsto, nesta sexta-feira (7).

Além do público restrito, na lista de empresas que cancelaram a participação no evento presencial estão nomes como Daimler, AMD, Google, TikTok, GM, entre outros. Entretanto, as companhias fizeram suas participações simultaneamente de modo virtual.

Nesse sentido, a GM, por exemplo, apresentou a versão elétrica da Silverado. A picape chegará ao mercado em 2023 em duas versões. Ou seja, a topo de linha será a RST First Edition, além do modelo Work Truck (WT) para frotistas. Ambos os veículos devem oferecer autonomia torno de 650 km com uma carga completa.


Ademais, a picape da GM chegará como a principal rival da Ford também elétrica F-150 Lightning. Que deve ter a produção dobrada neste ano para 150 mil unidades destinada apenas ao mercado norte-americano.

Focadas na automação

No campo da automação, a ZF anunciou uma parceria com a empresa de engenharia Oceaneering. Ambas vão desenvolver sistemas autônomos direcionados ao setor de transporte nos Estados Unidos.


Paralelamente, a sistemista trabalha em um conjunto de soluções em serviços para atender o avanço da automação. O que inclui a segurança desses sistemas, sobretudo dentro das cidades.

Ademais, a ZF anunciou que além de fornecer sistemas autônomos para caminhões e ônibus, focará na solução para equipamentos agrícolas. Bem como de mineração, equipamentos off-road e empilhadeiras.

Por sua vez, a Nvidia mostrou a sua plataforma para carros e caminhões autônomos. Por meio da tecnologia chamada Drive Hyperion 8 que usa processadores com 12 câmeras surround, nove radares, 12 ultrassônicos, um sensor frontal e três câmeras de detecção interna.


De acordo com executivos da companhia, toda essa quantidade de câmeras e sensores é para garantir que não haja falhas. Por isso é possível fazer um backup em caso de ocorrências. Assim, garantindo a segurança do sistema. Empresas como Volvo e Navistar já avaliam o sistema em seus caminhões.

Do mesmo modo, a TuSimple vai utilizar a plataforma em seus caminhões semiautônomos de nível 4. Ou seja, o caminhão consegue identificar as condições da estrada e tomar qualquer atitude sem a intervenção humana.

A Paccar quer liderar o mercado de elétricos

O Grupo Paccar, dono das marcas Kenworth, Peterbilt e DAF levou para a CES 2022 três caminhões. Um Kenworth T680E elétrico a bateria junto com seu carregador de bateria Paccar. Bem como o DAF XG +, lançado no ano passado na Europa e ganhador do International Truck of the Year 2022, apresentando os serviços conectados de última geração da marca. O terceiro modelo exibido foi o Peterbilt Modelo 579 equipado com o sistema autônomo Aurora.


O caminhão elétrico a bateria Kenworth T680E tem 240 km de autonomia. Por isso o modelo atende ao transporte regional e aplicações de distribuição urbana.

Todavia, o DAF XG + é a diesel. Mas apresenta um ganho de eficiência de combustível de 10%, graças ao novo design aerodinâmico. Ademais, o modelo está mais espaçoso. A cabine do XG tem de 330 mm a mais de comprimento na parte traseira. Bem como parte frontal mais avançada em 160 mm. Dessa forma, conta com câmeras de visão lateral e uma avançada tecnologia de assistência ao motorista.


Já o Peterbilt 579 é configurado com o sistema de direção autônoma desenvolvido pela Aurora, empresa de tecnologia de autodirecionamento. Essa geração apresenta ganhou um novo design exterior e a bordo conta com um display digital de 15" personalizável.

Stellantis e Amazon anunciam parceria na CES 2022

A Amazon vai comprar um lote de vans elétricas da Stellantis, a partir de 2023. As companhas não revelaram a quantidade negociada. Mas o modelo será a Ram ProMaster 100% elétrica. Que no Brasil é a Ducato.

Ademais, as empresas vão trabalhar em conjunto no desenvolvimento de uma plataforma automotiva. A ideia é que a Amazon incorpore seu software nos veículos da Stellantis. O que inclui automóveis e veículos de carga.


Veículos de entrega sob medida

A Indigo Technologies, dos Estados Unidos, apresentou na CES 2022 sua gama de veículos elétricos feitos sob medida para atender o mercado de transporte compartilhado e de entregas.

Assim, a companhia, fundada em 2010, informa que o diferencial dos modelos é o amplo espaço a bordo.


Seja como for, os veículos, denominados Flow e a Flow Plus, usam uma tecnologia denominada IndiWheel, uma espécie de tração elétrica nas rodas com suspensão elétrica ativa simultâneas. Esta última tem inteligência capaz de prever as condições da rodovia.

Ademais, segundo a companhia, tanto o Flow quanto o Flow Plus contam com mais de 400 km de autonomia com apenas uma bateria de 40 kWh.

FPT apresenta eixos elétricos

A FPT Industrial está apresentando dois eixos elétricos e um pack de baterias com um sistema de gerenciamento de bateria personalizado. Ou seja, para atender às necessidades do cliente.


Os novos eixos elétricos integrados são adequados caminhões pesados 4x2 ou 6x2, com peso bruto total (PBT) de até 44 toneladas. Assim destinam-se às operações rodoviárias. Para isso, contam com um alto desempenho, de 840 kW. Ou seja, equivalente a 1.142 cv de potência.

Esses componentes foram desenvolvidos graças a joint venture entre Nikola, Iveco e a FPT Industrial para a versão do Nikola Tre BEV (Battery Electric Vehicle). Não por acaso, uma das versões do eixo equipa o Nikola Tre FCEV, recentemente apresentado, que deve entrar em produção em Ulm (Alemanha), no final de 2023.