Legislação

Aviso de ponto cego em caminhões e ônibus é obrigatório na França

O objetivo da nova regra para ônibus e caminhões é reduzir o risco de acidentes por causa da falta de visão em locais de ponto cego

Redação

26 de ago, 2021 · 4 minutos de leitura.

França obriga sinais de ponto cego nos caminhões" >
França obriga sinais de ponto cego nos caminhões
Crédito:Fernfahrer/Divulgação
França obriga sinais de ponto cego nos caminhões

Na França, passa a ser obrigatória a indicação dos locais de ponto cego em caminhões e ônibus. Nesse sentido, os avisos por meio de adesivos ou placas informam que o motorista não consegue ver se há objetos ou pessoas naquele ponto. Veículos com peso bruto total (PBT) superior a 3,5 toneladas são o foco da nova regra.

Logo, a nova lei visa reduzir o risco de acidentes envolvendo modelos pesados. Nesse sentido, os avisos servem para alertar pedestres e pessoas que estão em outros veículos que o motorista do caminhão ou ônibus não consegue enxergar aquele ponto.

Segundo o governo francês, a regra vale também para veículos de outros países. Ou seja, para todos os caminhões que circulam pela França. Bem como os ônibus que transportam turistas vindos de outras partes da Europa.

Falta de aviso pode dar multa de R$ 830

De acordo com o Ministério dos Transportes da França, quem deixar de cumprir a nova regra fica sujeito a multa de ? 135. Ou seja, cerca de R$ 830 na conversão direta, sem impostos. Segundo o mesmo Ministério, os avisos devem obedecer várias regras.

Assim, o desenho tem elementos nas cores amarela e vermelha, para chamar bastante a atenção. Na parte interna há os avisos "Atenção" e "Ângulos Mortos", na tradução livre.

Além disso, os adesivos ou placas devem ter em torno de 25 cm de altura e 17 cm de largura. Segundo o governo francês, os dispositivos estão à venda em vários locais. Por exemplo, em lojas de equipamentos para caminhões e ônibus. Bem como em postos de abastecimento.

Alerta de ponto cego deve estar nas laterais e traseira

Portanto, os avisos devem ser fixados do lado direito e esquerdo em veículos rígidos. Bem como na parte traseira. Por sua vez, em composições longas devem estar também na altura do pino rei.

Seja como for, na parte traseira o aviso deve ser fixado do lado direito da parte traseira do veículo. Além disso, altura de instalação deve ser de 90 cm e 1,50 metro de distância do solo.

A medida adotada pelo governo francês é útil sobretudo em veículos antigos. Isso porque caminhões e ônibus mais modernos têm sistemas como sensores e câmeras. Assim, o risco de acidentes é menor.

Esse tipo de equipamento também está disponível no Brasil. Além de ser oferecido por lojas de acessórios, o item já é oferecido como opcional. Porém, apenas o Mercedes-Benz Actros conta com o dispositivo no País.

Continua depois do anúncio