Mercedes-Benz espera crescer 15% nas vendas de Sprinter

Após reconquistar a liderança no segmento no ano passado, com alta de 31%, fabricante dá mais um salto de 54% em janeiro

Linha Sprinter Crédito: Mercedes-Benz

Custou dez anos para que a Mercedes-Benz novamente o ocupasse o primeiro lugar nas vendas do segmento no qual atua a Sprinter, de 3,5 a 5 toneladas. No ano passado, ao estabelecer um crescimento de 31% com os emplacamentos de 6.327 vans, furgões e cabine-chassi da linha, a montadora reconquistou a liderança.

Embalada com o desempenho positivo e diante de um ambiente de negócios mais favorável, a fabricante estima viver mais um período vantajoso em 2018, no qual as vendas da gama Sprinter terão alta de 15% sobre o resultado de 2017.

“Furgões e cabine-chassi responderão especialmente ao crescimento da demanda do e-commerce, varejo e licitações na área de atendimento da saúde”, ressalta Jefferson Ferrarez, diretor de vendas e marketing vans da Mercedes-Benz do Brasil “Além de identificarmos também maior procura para o transporte de passageiros, especialmente em lotação, fretamento, turismo e escolar.”

A estimativa no horizonte da montadora já se mostra factível com o resultado de janeiro. De acordo com números da empresa, no mês passado as vendas do Sprinter somaram 572 unidades, alta de 54% sobre o mesmo período de 2017.

Do total emplacado no mês passado, 300 unidades foram destinadas ao transporte de passageiros, volume que permitiu a montadora anotar alta significativa de 73% na comparação o resultado de um ano antes, além de abocanhar 67% do mercado de vans, 25 pontos porcentuais acima do que tinha em janeiro de 2017.

“Fretamento e turismo puxaram as vendas no mês passado, com clientes dos estados de São Paulo, Minas Gerais, além do Distrito Federal, como principais compradores de vans para o transporte de passageiros”, resume Ferrarez.


Notícias relacionadas