MAN registra recorde de vendas no México

Negócios da montadora cresceram 22% no ano passado, o melhor resultado desde sua chegada ao país, em 2004

VW Workline Crédito: MAN Latin America

Em contraste ao desempenho da indústria de veículos comerciais instalada no México no ano passado, período no qual registrou queda de 5,2%, os produtos das marcas Volkswagen Caminhões e Ônibus e MAN reportaram alta de 22% nas vendas em relação a 2016.

Além de ser melhor resultado da montadora desde que iniciou atividades no país, em 2004, o fato joga luz mais uma vez para o avanço da montadora no seu processo de internacionalização, plano estratégico contemplado a partir do anúncio, no fim de 2016, de um novo ciclo de investimento de R$ 1,5 bilhão.

“O ano de 2017 foi de objetivos superados e metas cumpridas”, afirma em nota Leonardo Soloaga, diretor-geral de operações da MAN Latin America no México. “Seguimos consolidando nossa estratégia de expansão por meio de uma linha completa de produtos com alta tecnologia, serviços de pós-vendas de qualidade e rede de concessionárias ainda mais sólida e qualificada.”

Segundo a fabricante, a expansão nas vendas se deve especialmente ao segmento de veículos carga, com alta superior a 48% nos negócios na comparação com o ano anterior. A montadora destaca como dado relevante na contribuição do resultado, a transação de 285 unidades do VW Workline 17.230 (equivalente ao Worker brasileiro) para a cervejaria Heineken.

No segmento de transporte de passageiros, o aumento nas vendas foi de 7% em relação a 2016. A empresa também contabilizou o sétimo ano consecutivo na liderança do segmento de micro-ônibus com os chassis para 8 e 9 toneladas.


Notícias relacionadas