Hyundai HD 80 é o mais novo caminhão leve do mercado

Modelo é uma evolução do HD 78 e já está nas concessionárias por R$ 118.800

Novo caminhão Hyundai HD 80
Hyundai HD 80 Crédito: Hyundai CAOA

O mercado transportador acaba de ganhar mais uma opção de caminhão, especialmente para as operações de distribuição urbana de carga com o lançamento do Hyundai HD 80. O modelo já está disponível nas concessionárias da marca em acabamento único por R$ 118.800.

O veículo é sucessor do Hyundai HD 78, lançado em 2011, ainda com tecnologia Euro 3, e que vinha desempenhando participação marginal nas vendas da categoria, somou apenas 12 licenciamentos no ano passado, de acordo com os dados da Fenabrave.

Produzido na fábrica da CAOA Montadora, em Anápolis (GO), de onde também sai o comercial leve HR, o novo caminhão se apresenta com mais argumentos de venda em relação ao seu antecessor. Com peso bruto total (PBT) de 8.000 kg – 200 kg a mais que o HD 78 – o modelo garante capacidade de carga útil por volta de 4.500 kg, considerando o peso do implemento em torno de 800 kg.

Depois, o HD 80 ganhou mais potência com um novo conjunto mecânico. O motor, fornecido pela FPT (como também era o anterior), é um 3.0 biturbo que desenvolve 170 cv a 3.500 rpm e torque de 40,8 kgfm de 1.500 a 2.200 rpm.  Antes, o motor do HD 78 rendia 155 cv e 40 kgfm. A transmissão é manual de cinco marchas.

A adoção da tecnologia EGR, de recirculação de gases, representa outro bom argumento do novo veículo. A solução não exige o uso de Arla 32, o que pode contribuir com os custos operacionais do transportador.

O HD 80 também trouxe evolução na suspensão, com novo feixes de molas e eixos redimensionados, e no freio, que agora traz sistema pneumático em substituição ao hidráulico presente no HD 78, além de dispositivo de regulagem automático da folga das lonas.

Externamente recebeu poucas alterações, exceção feita à grade dianteira e aos adesivos nas portas. Por dentro, entrega o básico com novo quadro instrumento, inclusão de computador de bordo digital, ajuste na coluna de direção e rádio com porta USB. Peca, no entanto, em não oferecer ar-condicionado e trio elétrico nem mesmo como itens opcionais.

 


Notícias relacionadas