DAF expande rede de atendimento

Até o fim do ano a montadora terá 32 pontos no País com a abertura de quatro novos endereços

Foto: DAF

O mês de agosto foi de celebração para a DAF. No período, além de contabilizar 2.000 veículos emplacados desde que começou a produzir no País, em outubro de 2013, registrou seu melhor mês com 115 caminhões pesados vendidos, alcançando 7% de participação no segmento, a quarta no ranking.

Os volumes ainda são baixos, mas montadora já enxerga o início de um novo ciclo virtuoso e amplia sua rede para absorver a demanda que espera. Até dezembro a empresa passará a ter 32 pontos de atendimentos, com a abertura de mais uma concessionária e mais de três postos de serviço autorizado.

“O ano de 2017 será mais um ano de crescimento da DAF, certamente acima de 30% com relação a 2016”, avalia Luís Gambim, diretor comercial da fabricante. “Acredito na retomada do mercado e não tenho dúvida que chegaremos em 2020 com 20.000 caminhões emplacados.”

Os treze grupos que hoje operam a rede de atendimento da DAF já investiram R$ 200 milhões na formação da atual composição, de 21 concessionárias e sete postos de serviços. Agora, com aporte de R$ 2 milhões o grupo Somafértil abrirá a 22ª concessionária em Uberlândia para atender toda a região do triângulo mineiro. Também os grupos Via Trucks, de Minas Gerais, e Caiobá, do Mato Grosso do Sul, estão investindo R$ 4 milhões e R$ 8 milhões, respectivamente, em mudanças para instalações maiores e melhor localizadas.

Ao mesmo tempo a montadora estabelece parcerias para homologar Postos de Serviço Autorizado em Duque de Caxias (RJ), Recife (PE) e em Ji-Paraná (RO). De acordo com a fabricante, os locais contam com equipe treinada pela DAF e contam com ferramentais e estoque de peças da marca. “Esta expansão faz parte do nosso plano de negócios. Atualmente cobrimos 85% do território nacional e, assim, conseguimos atender as principais rotas de nossos clientes”, conta Adcley Souza, diretor de desenvolvimento de rede da montadora. “Até 2022 dobraremos o número de concessionárias no País.”


Notícias relacionadas