Redação

28.06.2018 | 15:17 Atualizado: 10.07.2018 | 14:39

Scania quer ampliar frota de caminhões conectados

Ação da fabricante permite que veículos mais antigos possam se beneficiar do uso de dados via conexão móvel

Scania V8 R620 Crédito: Foto: Scania

A participação da Scania na 20ª Transposul, Feira e Congresso de Transporte e Logística, até 29 de junho em Bento Gonçalves (RS), é marcada pelo lançamento de campanha promocional com o intuito de ampliar a adesão dos transportadores aos Serviços Conectados, programa da montadora introduzido no mercado em 2017 que permite ao usuário promover mais eficiência ao transporte por meio da conectividade.

A montadora preparou três combinações com os planos de manutenção Flexível, Standard ou Compacto para que também os proprietários de caminhões da marca fabricados de janeiro de 2012 a abril de 2016 possam instalar o módulo de conexão e, assim, passar a ter acesso às informações do veículo.

Qualquer que seja o plano escolhido, o transportador que adquirir um dos Programa de Manutenção Scania paga pequena taxa de adesão e tem direito à instalação do módulo e ao chamado pacote Desempenho. O cliente poderá usar durante 18 meses sem custo a ferramenta que permite análise da gestão da operação, por veículo e por motorista em tempo real.

Se escolha for pelo combo Flexível, a taxa de adesão é gratuita, mas desde que o caminhão tenha histórico de manutenção na rede Scania, caso contrário há o custo de uma revisão completa de entrada. Essa opção é baseada no programa de manutenção da Scania do chamado Planos Flexíveis. Segundo a montadora, oferece vantagem de até 16% de redução nos custos de manutenção e aumento de 20% na disponibilidade e na cobrança do combustível: gastou menos, paga menos.

O plano Standard reúne os serviços de manutenção programados, além de trocas de óleo, filtros e lubrificações. Já o Compacto aumenta o benefício com a inclusão do custo da mão de obra. Ambos oferecem pagamento com parcelas fixas mensais ou por meio dos Serviços Conectados com cobrança por quilômetro rodado, se o caminhão não rodar, não há custo.

“Nossa campanha convida os clientes que ainda não possuem frotas conectadas a embarcar conosco nesta nova jornada para a sustentabilidade do negócio, que será crucial para manter a rentabilidade de quem trabalha ou pretende continuar a atuar no setor nos próximos anos”, diz Fabio Souza, diretor de serviços da Scania no Brasil. “Temos quase 10.000 veículos conectados e reduzindo vários tipos de custos. Por isso, queremos ser parceiros dos clientes para atualizar suas frotas.”

A ação da Scania terá validade até 31 de dezembro de 2018 em toda a rede de concessionárias da fabricante.

Notícias relacionadas