Notícias

Volkswagen lança chassi de micro-ônibus Volksbus 10.160 OD

Volkswagen lança ônibus 10.160 OD que entra na prateleira da marca para ser oferta completa na rede em configuração para 36 passageiros

Décio Costa

18 de out, 2021 · 4 minutos de leitura.

Volkswagen amplia capacidades em micro-ônibus" >
Volkswagen amplia capacidades em micro-ônibusD
Crédito:VWCO/Divulgação
Volkswagen amplia capacidades em micro-ônibus

A Volkswagen Caminhões e Ônibus está lançando o Volksbus 10.160 OD. Trata-se de um novo micro-ônibus criado por meio da colaboração de concessionárias e encarroçadores. Assim, o modelo traz novidades que facilitam a instalação da carroceria. Portanto, isso reduz o custo e o tempo para que o veículo fique disponível.

LEIA TAMBÉM: Motorhome vendido por R$ 41,5 milhões inclui Bugatti de brinde

Você também vai gostar de


Segundo a VWCO, o novo modelo é baseado no chassi 10.160 ODR. Ou seja, a opção da marca desenvolvida especialmente para o programa Caminho da Escola. Assim, o motor é o Cummins de 3,8 litros que gera 162 cv de potência e 61,2 kgfm de torque a partir das 1.300 rpm. Fornecido pela ZF, o câmbio é manual de cinco marchas.

?Conseguimos entregar mais vantagens em um tipo de aplicação no qual a escolha costuma recair no chassi de 9 toneladas?, diz o diretor de vendas de ônibus da VWCO, Jorge Carrer. Assim, para aumentar a capacidade o chassi foi alongado. Além disso, ganhou pneus maiores. "Em vez do 215, ele recebe o 235?, afirma o executivo.

Micro-ônibus da Volkswagen leva 36 passageiros

Como resultado da parceria com encarroçadoras, o modelo é padronizado para ter 36 passageiros. Conforme Carrer, trata-se de micro-ônibus disponível praticamente para entrega imediata. ?Isso faz toda diferença na hora de fechar um contrato?, diz ele.

Conforme o diretor da VWCO, com a queda na demanda por transporte coletivo, alguns veículos estão superdimensionados. Logo, ele acredita que os micro-ônibus são mais adequados para diversos tipos de operação. Além disso, a empresa pretende atuar fortemente neste segmento, que aponta para aumento das vendas.

Segundo ele, o setor de ônibus foi muito impactado pela pandemia. Porém, o de micro-ônibus foi o que sofreu menos. ?Houve as entregas para o Caminho da Escola desde o ano passado", diz. Porém, mesmo descontando essas vendas, a demanda se manteve estável. A participação gira em torno de 20% do mercado total de ônibus?, afirma o executivo.

Números da Fabus, associação que representa as fabricantes de ônibus do Brasil, confirmam. Assim, de janeiro a agosto a produção de micro-ônibus somou 1.900 unidades. Ou seja, apenas sete unidades a menos que as feitas no mesmo período de 2020.