Redação

17/08/2020 - 4 minutos de leitura.

Iveco entrega 84 ônibus do Programa Caminhos da Escola

Os 84 ônibus Iveco entregues ao Programa Caminhos da Escola fazem parte de licitação vencida pela empresa para o fornecimento de 1.200 unidades

Iveco entrega primeiro lote de 84 ônibus para o Programa Caminhos da Escola
Crédito: Iveco/Divulgação

A Iveco entregará o primeiro lote com 84 ônibus do Programa Caminhos da  Escola. No início de 2020, a fabricante venceu a licitação para produzir 1,2 mil ônibus escolares. Esses veículos farão parte da frota destinada a transportar 50 mil alunos em regiões rurais do Brasil.

A negociação é fruto de pregão realizado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Com o resultado da licitação, a Iveco  ampliará a participação do chassi 10-190 no segmento de transporte de passageiros. O ônibus de 10 toneladas foi projetado e desenvolvido no Complexo Industrial da empresa e Sete Lagoas (MG).

O veículo tem capacidade para transportar 44 passageiros e conta com poltrona móvel para levar pessoas com mobilidade reduzida. O sistema leva o assento para o lado de fora do ônibus, de modo a facilitar o embarque e desembarque de alunos com necessidades especiais (foto abaixo).

Iveco entregou 8.500 veículos ao programa

Ainda segundo informações Iveco, não foi necessário reduzir a capacidade do ônibus. A diminuição do número de assentos é comum em veículos que recebem elevador para cadeiras de rodas. A empresa também destaca o bom nível de conforto para o usuário. Isso porque, diferentemente de outros tipos de sistema, o cadeirante não viaja na parte traseira do veículo.

Essa não é a primeira vez que a fabricante fornece veículos para o Caminhos da Escola. Desde que o programa foi criado,  há 13 anos, a Iveco já entregou cerca de 8.500 ônibus por meio de contratos fechados em licitações anteriores.

O objetivo do programa é renovar, ampliar e padronizar a frota de veículos de transporte escolar das redes de educação básica pública. Entre o fim de 2019 e o início de 2020, o Ministério da Educação e o FNDE abriram licitação para a aquisição de 6.200 veículos novos.

Caminhos da Escola ajuda setor

O Caminhos da Escola é importante para ajudar a mitigar o fraco desempenho do setor de ônibus no Brasil. A produção só não é menor graças ao programa. “Tem sido essencial para resgatar um pouco do volume de um dos setores mais atingidos pela crise”, diz Gustavo Bonini, vice-presidente da Anfavea, a associação nacional das fabricantes de veículos.

Em julho de 2020, foram produzidos 1.237 ônibus no Brasil. Foi o pior resultado para o mês desde 1999, quando a indústria entregou 1.049 unidades. Houve queda de 10,7% na comparação com junho deste ano (1.385) e de 53,1% ante julho de 2019, quando foram feitos 2.600 ônibus no País. Os dados foram divulgados pela Anfavea.

Notícias relacionadas