VW Delivery 9.170 avança na liderança dos leves

Desempenho do modelo no primeiro bimestre mostra que dificilmente os rivais terão força para conter sua escalada

VW Delivery 9.170 lidera venda de caminhões leves Crédito: Foto: VWCO

Encerrado o primeiro bimestre do ano, a preferência do transportador começa a determinar o cenário da disputa que se revelará no decorrer do ano. Alguns modelos, no entanto, parecem já ter o destino escrito. É o caso do Volkswagen Delivery 9.170 dentre os leves. Bastou as vendas dos dois primeiros meses do ano para o caminhão avançar no segmento.

No período, conforme números do Renavan, chegaram às ruas do País 488 unidades do veículo, o que representou 28,6% dos licenciamentos da categoria, de 1.705 caminhões. O volume registrado colocou uma diferença de 164 unidades à frente do segundo colocado, o Mercedes-Benz Accelo 1016, com 324 emplacamentos ou participação de 19%.

A categoria de leves é amplamente dominada por VWCO, Mercedes-Benz e Ford. No primeiro bimestre, as três marcas foram responsáveis por 94,3% das vendas totais no segmento, deixando para Agrale, Caoa Hyundai e Iveco o restante do mercado.

Esse ano, no entanto, um componente inédito deverá acirrar a disputa no mercado. Embora o futuro da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP) ainda seja incerto, a decisão da montadora de encerrar sua operação na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) e seguir com as vendas somente até o fim dos estoques é o que se tem de concreto até o momento.

A Ford foi a terceira marca que mais vendeu caminhões leves nos dois primeiros meses do ano, computando 484 unidades, divididas entre os modelos Cargo 816 e F4000. Juntos, as vendas dos veículos concederam à fabricante participação dos mesmos 28% que o Delivery 9.170 possui sozinho na categoria.

Mais do que sorte lançada, caberá competência às outras fabricantes absorverem o espaço que provavelmente será deixado pela Ford. O mercado dirá para onde migrar, afinal, em breve, serão dois modelos a menos na categoria a disputar a preferência do transportador.


Notícias relacionadas