Notícias

Volvo vende 150 caminhões VM para a Polimix Concreto

Os caminhões são da versão VM Light Mixer, que foi lançada em 2020, tem tara mais baixa que a do VM 84 e pode levar mais concreto

Redação

24 de jun, 2021 · 4 minutos de leitura.

Polimix Concreto adquire 150 caminhões Volvo VM
Polimix Concreto adquire 150 caminhões Volvo VM
Crédito:Volvo/Divulgação
Polimix Concreto adquire 150 caminhões Volvo VM

A Volvo vendeu 150 caminhões VM para a Polimix Concreto. Em primeiro lugar, o negócio chama a atenção pela quantidade de caminhões adquiridos. Além disso, é a primeira vez que a empresa do setor de construção compra caminhões da Volvo.

Assim, a escolha foi pelo VM Light Mixer. Ou seja, um modelo focado em operações de transporte de concreto.

Nesse sentido, o caminhão tem tara mais leve. Como resultado, pode transportar até 1 m³ a mais de concreto que outras versões. Portanto, garante maior produtividade.

Volvo já entregou 52 unidades

Da mesma forma, dos 150 caminhões adquiridos, 52 já foram entregues. Segundo informações da Volvo, os demais devem chegar até julho.

De acordo com a empresa, os caminhões vão levar concreto da central dosadora até as construções. Sobretudo na região metropolitana de São Paulo.

Segundo o líder de negócio da Polimix, Galid Osman, a nova frota vai contribuir para ampliar a produtividade da empresa. "Essa parceria tem grande relevância?, diz.

Volvo VM é sob medida para esse tipo de aplicação

Nesse sentido, o VM Light Mixer foi lançado em 2020 para atender o segmento de betoneiras. Nesse sentido, para o seu desenvolvimento a Volvo atuou em conjunto com implementadoras.

Com isso, conseguiu oferecer uma solução aprimorada em relação ao VM 8x4. Ou seja, o VM Light Mixer tem tara 900 kg menor que o modelo convencional.

Assim, o conjunto é quase 2.500 kg mais leve. Por isso, pode transportar mais concreto sem ultrapassar os limites estabelecidos pela legislação.

Chassi curto e 4º eixo direcional

Segundo a Volvo, graças às características de construção a robustez do caminhão foi mantida. Nesse sentido, o chassi é feito de aço mais leve, porém com maior resistência.

Além disso, a distância entre os eixos, de 4.550 mm, garante melhor distribuição de peso. Mesmo tendo chassi mais curto, o Volvo tem tanque com capacidade para 200 litros diesel e 50 litros de Arla 32.

Continua depois do anúncio

Da mesma forma, o quarto eixo dianteiro é direcional. Assim, contribui para reduzir o desgaste dos pneus. Sobretudo por facilitar as manobras em locais apertados, algo comum em canteiros de obras.

Caminhões têm plano de manutenção da Volvo

Segundo a Polimix, os caminhões VM Light Mixer foram testados em operações reais de transporte de concreto em São Paulo. Portanto, foi possível comprovar a eficiência do modelo.

Parte do lote foi adquirida por meio de financiamento feito pela Volvo Financial Services. A Polimix também contratou planos de manutenção da marca sueca.

Assim, todas as unidades terão o plano de nível Ouro. Ou seja, o mais completo da Volvo, que inclui todo o plano de manutenção preventiva. Bem como intervenções corretivas.