Andrea Ramos

03.09.2020 | 15:42 Atualizado: 04.09.2020 | 13:22

Volkswagen Caminhões e Ônibus terá loja de seminovos

Primeira loja de seminovos da VWCO será inaugurada em outubro, em Limeira, no interior de São Paulo, e poderá expor mais de 20 veículos ao mesmo tempo

Volkswagen Caminhões e Ônibus terá loja de seminovos
Crédito: VWCO/Divulgação

Volkswagen Caminhões e Ônibus vai inaugurar, em outubro, sua primeira loja de seminovos. Batizada de VolksConfia, a unidade pioneira será em Limeira, no interior do Estado de São Paulo. Com área construída de  300 m², a revendedora poderá expor mais de 20 veículos ao mesmo tempo. A loja, localizada na Rodovia Anhanguera, ficará ao lado das futuras instalações da concessionária Cotali Caminhões e Ônibus.

Vice-presidente de vendas, marketing e serviços da VWCO, Ricardo Alouche diz que o novo serviço dará mais suporte às operações de seminovos da rede de concessionárias. A marca tem mais de 140 pontos de atendimento no Brasil. Além da loja, haverá um site com o mesmo nome onde os clientes poderão negociar a compra e venda de caminhões e ônibus.

“Com essa nova ferramenta, a Volkswagen Caminhões e Ônibus demonstra sua capacidade de enxergar oportunidades na retomada do mercado”, diz Alouche. Antes de serem colocados à venda, os veículos passarão por uma vistoria completa. A oficina fará eventuais intervenções de modo a manter a qualidade necessária de um veículo garantido pela marca.

Como parte desse processo, a VolksConfia inclui um aplicativo para coleta e registro de informações. O banco de dados terá fotos de todos os detalhes do veículo e informações disponíveis no Denatran. Basta digitar a placa para o sistema checar a procedência e histórico do caminhão ou ônibus.

O preço será determinado por meio do cruzamento de dados das principais tabelas de cotação média do mercado. No cálculo também entram variáveis como o histórico de transações do modelo. A validação é feita por profissionais especializados para tornar o processo mais seguro. “A VolksConfia será uma importante ferramenta de fidelização”, diz Alouche.

Operação de seminovos

A inauguração do novo serviço ocorre em um momento bastante oportuno. Após a forte queda de vendas causada pela quarentena imposta pela pandemia, o mercado de usados começa a dar sinais de recuperação. No mês de julho, 32.447 caminhões mudaram de dono no Brasil. A alta em relação aos dados de junho (22.171) foi de 46,35%.

No segmento de ônibus de segunda mão, o salto foi ainda maior: 65.82%. Em julho, foram vendidas 2.887 unidades, ante as 1.741 registradas em junho. Os dados foram divulgados pela Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionárias de veículos do Brasil.

Mercedes-Benz também tem locação focada em usados

A VWCO não é a única marca que oferece loja própria focada na venda de seminovos. A Mercedes-Benz foi a pioneira ao inaugurar, em 2013, a SelecTrucks. O primeiro ponto de vendas do tipo fica em Mauá, município da região do Grande ABC, na região metropolitana de São Paulo.

Desde então, a Mercedes-Benz inaugurou outras oito unidades em vários Estados Brasileiros. As lojas ficam Limeira e Santos, em São Paulo, Betim (MG), São José dos Pinhais (PR), Cuiabá, Fortaleza, Novo Hamburgo (RS ) e Içara (SC). Para este ano está prevista a abertura de uma SelecTrucks em Recife.

De janeiro a julho de 2020 foram negociados 1.070 caminhões por meio da SelecTrucks. No mesmo período de 2020, foram 854. Ou seja: a alta foi de 25%. Trata-se de um resultado e tanto. Sobretudo considerando o período conturbado pelo qual o mercado passou no primeiro semestre deste ano.

Volvo é pioneira em vendas de usados

A Volvo também está envolvida no negócio de caminhões usados há muito tempo. Há 20 anos, a marca chancela modelos de segunda mão – de forma presencial e nas concessionárias. Em 2013, a empresa passou a oferecer usados também por meio de plataforma online.

No site da marca sueca o cliente encontra caminhões de todas as marcas. É possível conferir as ofertas selecionando por marca, modelo, faixa de preço, quilometragem rodada, etc. A ferramenta de busca mostra detalhes dos modelos, fotos e vídeos, além de ano de fabricação e a autorizada onde o veículo está.

Em 2017, os serviços foram aprimorados com a criação da Rede de Seminovos Volvo. Foi a primeira rede nacional a reunir informações de caminhões usados. Assim como nos serviços da Mercedes-Benz e da VWCO, os modelos passam por um crivo técnico antes de serem colocados à venda.

Há três níveis de classificação. O mais simples, batizado de “Estado”, limita-se à documentação, que é entregue 100% regularizada. O “Selecionado Volvo” é intermediário. Além da regularização dos documentos, acrescenta garantia do trem de força com cobertura nacional por até seis meses ou 80 mil km. O “Viking” é o mais completo. Inclui documentação e a garantia de motor e câmbio em todo o País por um ano ou 150.000 km. Além disso, acrescenta pacotes de lubrificação, pneus e atendimento 24 horas.

Durante a quarentena decretada por causa da pandemia, a Volvo promoveu o “Primeiro feirão online de seminovos”. Em dois meses (abril e maio), negociou 500 caminhões em um ambiente totalmente digital. A ação contou com a participação de concessionárias de todo o País.

Com base nesses resultados, executivos da marca acreditam que esse tipo de venda tende a crescer. Por isso, a projeção é que sejam vendidos cerca de 2 mil caminhões seminovos por meio dessa plataforma até o fim do ano. “Os negócios devem crescer 20%, mesmo diante do cenário de retração do mercado de transportes”, diz o gerente de seminovos Volvo, Rogério Kowalski.

Notícias relacionadas