Vendas de implementos rodoviários crescem 6,7% em janeiro

Em janeiro de 2020, as vendas do setor de implementos rodoviários somou 8.559 unidades no Brasil, uma alta de 6,72% em relação aos resultados do primeiro mês de 2019

Vendas de implementos rodoviários mostram crescimento
Crédito: Randon/Divulgação

Em janeiro, as vendas de implementos rodoviários somaram 8.559 unidades no Brasil. O resultado representa alta de 6,72% em relação ao mesmo mês do ano passado, quando o setor comercializou 8.020 unidades. Os dados foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir).

As boas vendas foram comemoradas pelo setor. “Começar o ano com resultado positivo é sinal que a curva ascendente de negócios iniciada em 2019 poderá prosseguir em 2020”, diz o presidente da Anfir, Norberto Fabris.

Os modelos basculante e graneleiro foram responsáveis por quase 46% das vendas do segmento de pesados em janeiro

 

Do segmento de pesados, que inclui reboques e semirreboques, foram vendidas 4.646 unidades em janeiro. Esse número corresponde a um aumento de 5,78% em relação às vendas de janeiro de 2019. No primeiro mês do ano passado, as entregas do segmento no País somaram 4.392 unidades.

Os modelos basculante e graneleiro foram responsáveis pela maior fatia da vendas. Em janeiro, as entregas desses dois modelos de implementos rodoviários somaram 2.007 unidades. A participação no mercado total é de quase 46%.

Leves podem ajudar setor

Do segmento de carroceria sobre chassis, os emplacamentos registrados em janeiro somaram 3.913 unidades. O número representa alta de 7,86% em relação ao primeiro mês de 2019. Em janeiro do ano passado, foram vendidas 3.628 unidades.

Fabris afirma que as vendas da linha de leves deve apresentar um bom crescimento em 2020. De acordo com executivo, a expectativa tem a ver com a previsão de recuperação da atividade econômica no varejo.

Há bons sinais no horizonte. As vendas do setor de baús de alumínio, por exemplo, foram bastante positivas em janeiro. No primeiro mês deste ano o setor entregou 1.647 unidades. “E há a demanda reprimida nos negócios relacionados ao mercado de logística nas cidades”, diz Fabris.

Exportações de implementos rodoviários em 2020

A Anfir está desenvolvendo uma estratégia para ampliar as exportações de implementos rodoviários ao longo de 2020. Para isso, criou uma força-tarefa que pretende visitar potenciais parceiros ao longo do ano. Na próxima semana, por exemplo, representantes do setor participarão de uma rodada de negócios em Bogotá, capital da Colômbia.

É a terceira vez que a Anfir promove ações para impulsionar as exportações no país latino-americano. A primeira delas ocorreu em 2016. Da edição deste ano participarão 19 empresas que fazem parte da associação.

O encontro faz parte da missão comercial que integra o MoveBrazil. O programa é fruto de uma parceria entre a Anfir e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

O programa já deu suporte a 50 empresas interessadas em exportar implementos rodoviários. O resultado é que em três anos foram gerados US$ 69,2 milhões em negócios. Esse valor equivale a cerca de R$ 300 milhões em valores atuais.

Notícias relacionadas