Mercado

Vendas de implementos no Brasil crescem 45,5% em 2021

Segundo a Anfir, que reúne as empresas do setor, isso indica que a previsão para 2021, de vender l56 mil implementos, deve ser alcançada

Redação

09 de set, 2021 · 3 minutos de leitura.

Vendas de implementos crescem 45,5% no acumulado" >
Vendas de implementos crescem 45,5% no acumulado
Crédito:Librelato/Divulgação
Vendas de implementos crescem 45,5% no acumulado

Em agosto, as vendas de implementos rodoviários no Brasil somaram 15 mil unidades. Ou seja, número igual ao de julho. Porém, na comparação com as 11 mil emplacadas em janeiro, houve alta de 36%. Segundo a Anfir, que reúne as empresas do setor, com isso a estimativa para 2021, de vender 156 mil unidades, deve ser alcançada.

Leia também: aumenta a tolerância de peso de caminhões nas estradas do Brasil

Você também vai gostar de


Presidente da Anfir, José Carlos Spricigo diz que as vendas vêm crescendo de forma consistente. Assim, segundo ele, isso mostra que a previsão deve ocorrer.

Nesse sentido, de janeiro a agosto de 2021 as vendas somaram 107.298 unidades. Ou seja, houve alta de 45,5% em relação ao mesmo período de 2020. No acumulado do ano passado, foram 74.744 emplacamentos.

Projeções revisadas

Assim, a previsão de vendas vem sendo revisada para cima. No início deste ano, a Anfir informou que em 2021 o mercado deveria crescer cerca de 10%. Porém, o desempenho ao longo do primeiro semestre cresceu muito além disso.

Portanto, a Anfir atualizou a projeção para 30% de alta ao longo de 2021. Segundo a associação, isso é baseado na melhoria da atividade econômica. Sobretudo em setores como o agronegócio e a construção civil.

Segundo Spricigo, nem mesmo a falta de matérias primas deve comprometer a produção. Bem como as vendas. Porém, vale ressaltar que o setor de implementos depende pouco de componentes eletrônicos.

Venda de implementos por segmento

O segmento de implementos pesados continua puxando as vendas do setor. Assim, os reboques e semirreboques apresentam números maiores que os da linha de leves. Assim, 61.445 implementos pesados foram vendidos no Brasil de janeiro a agosto de 2021.

Ou seja, houve aumento de 51,86% em relação a igual período em 2020. Para comparação, nos oito primeiros meses do ano passado foram 40.462 vendas.

Por sua vez, no segmento de implementos leves, de carroceria sobre chassis, as vendas cresceram 37,77%. Ou seja, de janeiro a agosto o setor emplacou 45.853 unidades. No mesmo período de 2020 foram 33.282 emplacamentos.