Você está lendo...
Venda de caminhões cresce 15,7% em maio; veja o ranking de 2021
Notícias

Venda de caminhões cresce 15,7% em maio; veja o ranking de 2021

Na comparação com maio de 2020, quando o Brasil sentia os primeiros grandes impactos da pandemia, o aumento na venda de caminhões foi de 140,43%

Aline Feltrin

02 de jun, 2021 · 8 minutos de leitura.

Venda de caminhões
Caminhões Mercedes-Benz
Crédito:Mercedes-Benz/Divulgação
Caminhões Mercedes-Benz

A venda de caminhões novos cresceu 15,7%% em maio de 2021 no Brasil. Nesse sentido, foram emplacadas 11.358 unidades no mês passado. Ou seja, foram 1.541 a mais do que as 9.817 registradas em abril.

De acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (2) pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Seja como for, embora a demanda continue alta está faltando caminhão no mercado.

Nesse sentido, o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Junior, diz que isso reflete a recuperação da economia. ?E isso é comprovado pelo índice de confiança da indústria automotiva que é um dos maiores do ranking nacional.?


Da mesma forma, segundo ele, o nível de confiança também cresceu no setor de varejo. O executivo afirma que os revendedores perceberam que, se produção maior, a venda de caminhões seria ainda mais alta.

Venda de caminhões cresce 62,82% em 2021

Seja como for, em relação a 2020, a venda de caminhões disparou. De acordo com a Fenabrave, em maio do ano passados foram emplacadas 4.724 unidades. Ou seja, o crescimento foi de 140,43%.

Portanto, a base de comparação é baixa. Isso porque em maio de 2020 o Brasil sofria os primeiros grandes impactos da pandemia. Enquanto as montadoras começavam a parar a produção, lojas fechavam as portas.


Assim, no acumulado de 2021 a venda de caminhões foi de 46.948 unidades. Ou seja, na soma de janeiro a maio a alta foi de 62,82% ante o mesmo período de 2020. Portanto, nos quatro meses do ano passado as vendas de caminhões foram de 28.835 unidades.

Mercedes-Benz lidera venda de caminhões

A Mercedes-Benz lidera a venda de caminhões no Brasil em 2021. Em outras palavras, a marca detém 30,74% de participação de mercado.

Em seguida vêm Volkswagen/MAN, com 28,54%, Volvo, com 15.95%, Scania, com 13.57% e Iveco, com 5,88%. Logo, a DAF fecha a lista das seis maiores fabricantes, com 4,,99% de participação.


De acordo com a Fenabrave, o pesados continuam na liderança da venda de caminhões por segmento. Ou seja, respondem por 50,57%% de participação no acumulado de janeiro a maio de 2021.

Ranking por modelo

Em seguida vêm os semipesados (26,04%), seguidos dos leves (9,53%) e dos médios (8,59%). Os semileves continuam na última posição por segmento, com 5,27% do total..

De acordo com a associação, por modelo o líder de vendas em 2021 é o Volvo FH 540. Assim, foram emplacadas 3.107 unidades no acumulado de janeiro a maio de 2021.


Na segunda posição aparece o Scania R 450, com 2.804 vendas. O DAF XF o ocupa a o terceiro lugar na lista de vendas de caminhões, com 2.172 unidades. Confira mais abaixo o ranking de maio e o acumulado nos cinco primeiros meses de 2021.

Venda de ônibus tem alta de 33,5%

Diferentemente do setor de caminhões, o de ônibus vinha registrando queda nas vendas por meses seguidos. Porém, em maio os resultados foram positivos.

Nesse sentido, os emplacamentos somaram 1.897 unidades. Portanto, o crescimento foi de 35,50%  ante abril, quando foram vendidas 1.400 unidades.


Da mesma forma, na comparação com maio de 2020, a alta foi de 130.78%. Ou seja, naquele mês as vendas foram de 822 unidades.

Por fim, no acumulado de janeiro a maio os números também cresceram. Em 2021, foram emplacados 7.549 e no mesmo período do ano passado, 6.576. Assim, a alta foi de 14,80%.

Ranking
Os dez caminhões mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO MAIO. ACUM.
1º VOLVO FH 540 797 3.107
2º SCANIA R 450 759 2.804
3º DAF XF 562 2.172
4º VW MAN 11.180 511 2.126
5º VW/MAN 24.280 403 1.560
6º VOLVO FH 460 346 1.474
7º MERCEDES-BENZ ACTROS 2651 364 1.451
8º MERCEDES-BENZ ACCELO 1016 255 1.396
9º VW/MAN 9170 407 1.389
10º SCANIA R 540 378 1.318

 


Os dez caminhões pesados mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO MAIO. ACUM.
1º VOLVO FH 540 797 3.107
2º SCANIA R 450 759 2.804
3º DAF XF 562 2.172
4º VOLVO FH 460 346 1.474
5º MERCEDES-BENZ ACTROS 2651 364 1.451
6º SCANIA R 540 378 1.318
7º SCANIA R 500 250 814
8º MERCEDES-BENZ AXOR 2544 234 766
9º VWMAN 29.520 156 724
10º MERCEDES-BENZ AXOR 3344 126 661

 

Os dez caminhões semipesados mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO MAIO. ACUM.
1º VOLKSWAGEN 24.280 403 1.560
2º MERCEDES-BENZ ATEGO 2426 218 1.117
3º VOLVO VM 270 294 950
4º MERCEDES-BENZ ATEGO 1719 136 862
5º VW/MAN 24.260 195 828
6º MERCEDES-BEM ATEGO 3030 108 657
7º VW /MAN 17.190 150 649
8º VW/MAN 26.280 192 625
9º VOLVO VM 330 162 597
10º VW/MAN 31.280 147 581

 

Os dez caminhões médios mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO MAIO. ACUM.
1º VOLKSWAGEN 11.180 511 2.126
2º VOLKSWAGEN 14.190 92 424
3º VW/MAN 13.180 88 394
4º M.BENZ ATEGO 1419 60 339
5º IVECO TECTOR 11.190 55 317
6º MERCEDES-BENZ ACCELO 1316 50 253
7º MERCEDES-BENZ 1418 5 39
8º FORD CARGO 1119 0 6
9º VOLKSWAGEN 13.190 0 4
10ºAGRALE  14000 0 3

 


Os dez caminhões leves mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO MAIO. ACUM.
1º MERCEDES-BENZ ACCELO 1016 255 1.396
2º VOLKSWAGEN MAN 9.170 407 1.389
3º MERCEDES-BENZ ACCELO 815 184 999
4º IVECO TECTOR 9-190 42 213
5º HYUNDAI HD D 80 40 144
6º MERCEDES-BENZ ACCELO 915 23 80
7º VOLKSWAGEN MAN 9.160 5 46
8º JAC IEVI 200T 4 23
9º FORD F4000 12 19
10º FOTON AUMARK 2 13

 

Os dez caminhões semileves mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO MAIO. ACUM.
1º MERCEDES-BENZ SPRINTER 416 271 1.214
2º MERCEDES-BENZ SPRINTER 516 91 474
3º VOLKSWAGEN 6.160 32 191
4º IVECO DAILY 65-170 53 158
5º IVECO DAILY 45-170 35 144
6º MERCEDES-BENZ SPRINTER 9 77
7º IVECO DAILY 55-170 12 75
8º MERCEDES-BENZ SPRINTER 415 7 29
9º VW MAN 4.160 0 6
10º IVECO DAILY 55C 17 0 4

 

No setor de implementos, vendas crescem

De acordo com a Fenabrave, o setor de implementos rodoviários também vendeu mais em maio de 2021. Portanto, foram emplacadas 7.998 unidades, com alta de 7% ante as 7.475 registradas em abril.


Da mesma forma, na comparação com o mesmo mês de 2020 o aumento foi de 113,28%. Ou seja, maio do ano ano passado as vendas somaram 3.750 unidades.

Segundo os dados da associação, o ano tem sido bom para o setor. Assim, no acumulado dos cinco primeiros o crescimento foi de 83,03%. Em outras palavras, as vendas de janeiro a maio de 2021 somaram 36.780 unidades e as do mesmo período de 2020, 20.095 unidades.