Redação

04/05/2021 - 7 minutos de leitura.

Venda de caminhões cai 9,06% em abril; veja os mais vendidos

Em abril, a venda de caminhões no Brasil foi 9.818 unidades, ou seja, 978 a menos do que as 10.796 vendidas em março

Vendas de caminhões
Crédito: VWCO/Divulgação

A venda de caminhões novos caiu 9,06% em abril de 2020 no Brasil. Segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foram emplacadas 9.818 unidades. Portanto, foram 978 a menos do que as 10.796 vendidas em março.

Ou seja, embora a demanda esteja alta, a falta de insumos e matérias primas comprometeu a produção. Como resultado, as montadoras não conseguiram atender os pedidos.

Porém, na comparação com abril de 2019, o aumento na venda de caminhões foi expressivo. Isso porque naquele mês os emplacamentos somaram apenas 3.902 unidades.

Ante abril de 2020, venda de caminhões dispara

Portanto, na comparação mês a mês, a alta foi de 151,61%. Entretanto, é preciso lembrar que abril de 2020 foi um mês atípico. Ou seja, marcado pelo início da quarentena no Brasil. Nesse sentido, as lojas foram fechadas e as ferramentas de venda online ainda não haviam se popularizado.

Segundo o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o crescimento é sobre uma base muito baixa. De acordo com ele, a oferta de crédito se mantém em alta, mas falta produto no mercado.

Ou seja, o problema vem se agravando nos últimos meses. Segundo Assumpção Júnior, dependendo do modelo, quem comprar agora só vai receber entre outubro e novembro de 2021.

Ante abril de 2020, venda de c

No acumulado do ano, houve aumento na venda de caminhões novos. De janeiro a abril de 2021, foram emplacadas 35.593 unidades. Ou seja, a alta ante os 24.111 emplacamentos registrados no mesmo período de 2019 foi de 47,62% .

Segundo a Fenabrave, a Mercedes-Benz lidera a venda de caminhões novos no Brasil. A marca tem 31,90% de participação de mercado.

Em seguida vêm Volkswagen/MAN, com 28,38%, Volvo, com 15.62%, Scania, com 13.04%, Iveco, com 5,93%, e DAF (4,59%).

Ranking por segmento

De acordo com os dados, os pesados que mantêm a liderança na venda de caminhões por segmento. Assim, detêm 50,57%% de participação no acumulado de janeiro a março de 2021.

Em seguida vêm semipesados (26,04%), leves (9,53%) e médios (8,59%). Os semileves continuam com a última posição, com 5,27% de participação.

Ranking por modelo

Em primeiro lugar, na lista por modelo está o Volvo FH 540. No acumulado de 2021, foram emplacadas 2.310 unidades do cavalo-mecânico.

Na segunda posição está o Scania R 450, com 2.045 unidades. O DAF XF aparece em terceiro lugar, com 1.610 unidades vendidas. 

Os dez caminhões mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO ABRIL. ACUM.
1º VOLVO FH 540 499 2.310
2º SCANIA R 450 646 2.045
3º VW/MAN 11.180 437 1.615
4º DAF XF 507 1.610
5º VW/MAN 24.280 299 1.157
6º VOLVO FH 460 271 1.128
7º MERCEDES-BENZ ACTROS 2651 258 1.088
8º VW/MAN 9-170 307 982
9º MERCEDES-BENZ SPRINTER 418 259 943
10º SCANIA R 540 289 940

 

Os dez caminhões pesados mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO ABRIL. ACUM.
1º VOLVO FH 540 499 2.310
2º SCANIA R 450 646 2.045
3º DAF XF 507 1.610
4º VOLVO FH 460 271 1.128
5º MERCEDES-BENZ ACTROS 2651 258 1.088
6º SCANIA R 540 289 940
7º VW 29.520 134 568
8º SCANIA R 500 184 564
9º MERCEDES-BENZ AXOR 3344 144 535
10º MERCEDES-BENZ AXOR 2544 202 532

 

Os dez caminhões semipesados mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO ABR. ACUM.
1º VOLKSWAGEN 24.280 299 1.157
2º MERCEDES-BENZ ATEGO 2426 183 899
3º MERCEDES-BENZ ATEGO 1719 180 726
4º VOLVO VM 270 240 656
5º VW/MAN 24.260 124 633
6º MERCEDES-BEM ATEGO 3030 133 549
7º VW /MAN 17.190 166 499
8º VOLVO VM 330 134 435
9º VW/MAN  31.280 140 434
10º VW 26.280 142 433

 

Os dez caminhões médios mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO ABRIL. ACUM.
1º VOLKSWAGEN 11.180 437 1.615
2º VOLKSWAGEN 14.190 95 332
3º VW/MAN 13.180 97 306
4º M.BENZ ATEGO 1419 45 279
5º IVECO TECTOR 11.190 65 262
6º MERCEDES-BENZ ACCELO 1316 65 203
7º MERCEDES-BENZ 1418 9 34
8º FORD CARGO 1119 1 6
9º VOLKSWAGEN 13.190 0 4
10ºAGRALE 4 000 0 3

 

Os dez caminhões leves mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO ABRIL. ACUM.
1º MERCEDES-BENZ ACCELO 1016 319 1.141
2º VOLKSWAGEN MAN 9.170 307 982
3º MERCEDES-BENZ ACCELO 815 189 815
4º IVECO TECTOR 9-190 52 172
5º HYUNDAI HD D 80 35 104
6º MERCEDES-BENZ ACCELO 915 8 57
7º VOLKSWAGEN MAN 9.160 19 41
8º JAC IEVI 200T 0 19
9º VOLKSWAGEN 8160 2 12
10º FOTON AUMARK 3 11

 

Os dez caminhões semileves mais vendidos em 2021

MARCA/MODELO ABRIL. ACUM.
1º MERCEDES-BENZ SPRINTER 416 259 943
2º MERCEDES-BENZ SPRINTER 516 102 383
3º VOLKSWAGEN 6.160 63 159
4º IVECO DAILY 45-170 23 109
5º IVECO DAILY 65.170 27 105
6º MERCEDES-BENZ SPRINTER 13 68
7º IVECO DAILY 55-170 18 63
8º MERCEDES-BENZ SPRINTER 415 10 22
9º VW MAN 4.160 3 6
10º IVECO DAILY 55C 17 1 4

 

Vendas de implementos têm queda de 6.39%

Do mesmo modo, as vendas de implementos rodoviários recuaram em abril de 2021. Ou seja, foram emplacadas 7.474 unidades. Em março, foram vendidos 7.984 implementos no Brasil.

Portanto, houve queda 6,39% em abril em relação a março. Porém, na comparação com abril de 2020 o segmento registrou 135% de alta nas vendas.

Além disso, no acumulado de 2021 houve aumento de 76,08% nas vendas. Ou seja, foram 28.781 unidades neste ano, ante 16.345 no ano passado.

Vendas de ônibus em 2021

Em abril de 2021, foram vendidos 1.400 ônibus novos no Brasil. Ou seja, uma queda de 6,67% ante o resultado de março. No mês passado, as vendas foram de 1.500 unidades.

Porém, ante abril de 2020 o aumento nas vendas foi de 204,35. Nesse sentido, no mesmo mês do ano passado foram emplacadas 460 unidades

Seja como for, o setor continua sofrendo com a retração nos negócios. Assim, no acumulado de 2021 foram emplacados 5.652 Ônibus. Por outro lado, de janeiro a abril de 2020 foram 5.754 unidades. Ou seja, houve queda de 1,77%.

 

Notícias relacionadas