Notícias

Venda de caminhões novos mantém tendência de alta

A divulgação da entrega de grandes lotes de caminhões nesta semana indica que o setor continua com demanda aquecida. Segundo dados da Fenabrave, a venda de caminhões novos cresceu 7,76% em outubro por causa do aumento da confiança dos empresários do ramo de transportes

Aline Feltrin

12 de nov, 2020 · 5 minutos de leitura.

caminhões" >
Crédito:Divulgalção/Mercedes-Benz

A venda de caminhões novos mantém o ritmo de crescimento no Brasil. Nesta semana,  Mercedes-Benz, Volkswagen Caminhões e Ônibus, Iveco e DAF divulgaram a entrega de grandes lotes para empresas de diferentes setores da economia.

A Fagundes Construção e Mineração recebeu duas unidades do novo Mercedes-Benz Actros rodoviário 2653 6x4. A entrega faz parte de uma encomenda de sete unidades do modelo. Além deles, , dois Actros 2553 6x2 serão enviados para um fabricante de motorhomes no interior de São Paulo.

Ou seja, a família Fagundes escolheu o Novo Actros também para uso pessoal em atividades de lazer. Cerca de 70% da frota de caminhões da companhia são Actros 8x4. A empresa atua em operações fora de estrada nas áreas de mineração e construção civil.

Caminhões para logística

venda de caminhões

A VWCO entregou 30 caminhões para a Carsten Serviços, empresa de transporte e soluções logísticas. A venda de caminhões é de modelos Constellation, nas versões 24.280 e 17.190 Robust, e Delivery 13.180. Esses veículos serão utilizados na distribuição de bebidas.

E rodarão na região metropolitana de Belo Horizonte. A estimativa da Carsten é de que os veículos recém-adquiridos percorrerão, em média, 70 mil quilômetros por mês.

Entregas para o governo

venda de caminhões

Nesta semana, a Iveco também fez novas entregas para para a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF). A empresa pública é vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional.

São 20 unidades da linha Tector, sendo dez da versão 11-190 e dez da 170E21. Os caminhões são vocacionais. Com compactador de seis metros cúbicos, farão a coleta e compactação de resíduos nas cidades atendidas pela CODEVASF.

Aplicação no Mercosul

venda de caminhões

A DAF também concluiu uma grande venda de caminhões para a Ademir Transportes. São 71 unidades do novo XF. A empresa especializada no transporte de combustíveis atua no Brasil e em outros países membros do Mercosul.

Os novos XF serão integrados à frota atual, de mais de 500 caminhões da transportadora. As unidades são da configuração 6x4 com Cabine Space e motor de 530 cv de potência. A Ademir Transportes já havia adquirido unidades da versão anterior do XF. E está rodando há cerca de 20 dias com um caminhão novo para teste.

Continua depois do anúncio

Venda de caminhões mantém ritmo de crescimento

As entregas realizadas nos últimos dias apontam para um cenário de vendas aquecidas. Em outubro, o número de emplacamentos cresceu 7,76% na comparação com setembro. No mês passado, foram vendidos 7.967 caminhões novos no Brasil, ante 7.393 em setembro.

Em outubro de 2019 foram emplacados 9.498 caminhões novos no País. Na comparação com o mesmo mês de 2020, houve queda de 16,12% nas vendas.

No acumulado de janeiro a outubro de 2020, foram vendidos 2.465.396 veículos novos no Brasil. O número inclui autos, comerciais leves, caminhões, ônibus e implementos rodoviários. Na comparação com o mesmo período de 2019 (3.319.946 unidades), houve retração de 25,74% nas vendas. Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículo Automotores (Fenabrave).

Presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior diz que, apesar da queda nos números do acumulado do ano, outubro foi o melhor mês de 2020 para o segmento. ?Os clientes estão mais confiantes e tomando a decisão de compra, que é facilitada pela maior oferta de crédito.?