Teste com VW e-Delivery supera expectativas

Em uso na frota da Ambev em operação diária de distribuição de bebidas, modelo elétrico persegue viabilidade operacional

VW e-Delivery Crédito: Foto: VWCO

A Volkswagen Caminhões e Ônibus faz balanço após um ano de teste em operação real do e-Delivery, caminhão leve 100% elétrico que está em desenvolvimento conjunto com a Cervejaria Ambev. Ao longo do período, o modelo percorreu 15 mil quilômetros em entregas de bebidas na Zona Sul de São Paulo e deixou de emitir 11 toneladas de CO2 na atmosfera. Caso fosse, um caminhão convencional, seria necessário consumir 3,3 mil litros de diesel para cumprir a mesma jornada.

O e-Delivery do teste é o primeiro de uma frota de 1,6 mil unidades elétricas com estimativa de entregas até 2023 pela montadora. Trata-se do maior anúncio de negócio envolvendo veículo elétrico no mundo. No caso, montadora e cervejaria trabalham em parceria em busca da viabilidade na distribuição de mercadoria baseada na propulsão elétrica.

O caminhão, construído sob liderança da engenharia brasileira, integra um modelo de operação no qual se privilegia fonte provenientes de energia elétrica limpa. Além 43% da energia ser originada do próprio sistema de freio regenerativo do veículo, foram instalados painéis solares em um dos maiores Centros de Distribuição da Ambev, no bairro da Mooca, que abastecem o veículo antes das empreitadas diárias.

A companhia de bebidas adianta que até março de 2030, outras 30 plantas solares serão construídas em diversas unidades da empresa com os objetivos de abastecer de energias as instalações e a frota de caminhões elétricos quando formada.

“Os resultados dessa primeira etapa de testes em condições reais de distribuição numa metrópole como São Paulo superaram as nossas expectativas. E provaram que a tecnologia da VW Caminhões e Ônibus está na rota de desenvolvimento mundial e, mais do que isso, de viabilidade da aplicação elétrica junto com a Cervejaria Ambev”, resume em nota Roberto Cortes, presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus.


Notícias relacionadas