Redação

10.09.2020 | 16:16

Tatra Trucks investirá R$ 102 mi para fazer caminhões no Paraná

A Tatra Trucks produzirá caminhões 6×6 e 6×8 no Brasil para operações em setores como mineração, florestal e sucroalcooleiro a partir de fevereiro de 2021

Tatra Trucks
Crédito: Divulgação: Tatra

Tatra Trucks, marca de caminhões da República Checa, investirá R$ 102 milhões até 2026 em uma nova fábrica em Ponta Grossa, no Paraná. Em dezembro de 2019 o Estradão já havia adiantado que a empresa teria uma planta no Brasil. O protocolo de adesão da Tatra ao programa de benefícios fiscais do Estado foi assinado na semana passada pelo governador Carlos Massa “Ratinho” Junior (PSD-PR), e pelo presidente da montadora no País, Rui Lemes, no Palácio Iguaçu. As informações são do governo do Paraná.

A previsão é que a transferência de tecnologia, a instalação da fábrica e o início da produção ocorram em fevereiro de 2021. Na fábrica de Ponta Grossa, a Tatra fará caminhões fora-de-estrada com tração 6×6 e 8×8. Esses veículos serão voltados à operações em setores como mineração, florestal e sucroalcooleiro.

A empresa deverá produzir também veículos pesados para as áreas militares e de defesa. Além do mercado brasileiro, os modelos feitos no Paraná abastecerão outros países da América do Sul e da África. A expectativa dos dirigentes da empresa é ultrapassar R$ 500 milhões em volume de negócios nos próximos anos.

Tatra Trucks prevê produzir 225 caminhões por ano

A primeira fábrica da Tatra no Brasil funcionará em um galpão de 6 mil m². As instalações foram construídas há um ano e ficam no distrito industrial de Ponta Grossa, às margens da BR-376. Segundo informações da empresa, haverá também uma pista de testes para os veículos no mesmo município.

Inicialmente, os caminhões serão feitos em sistema CKD, ou seja: as peças serão importadas e montadas na fábrica do Paraná. O plano prevê um novo ciclo de investimentos para viabilizar a produção de motores e outros componentes no País. A Tatra pretende desenvolver uma rede de fornecedores no Paraná, principalmente.

Boa parte dos componentes será fornecida pela DAF, que também fica em Ponta Grossa. A fabricante de origem holandesa faz parte do grupo PACCAR, com o qual a CSG Aerospace, dona da Tatra, tem parceria na Europa. Várias peças utilizadas por veículos da Tatra no exterior são feitos pela DAF. Isso inclui motores, cabines e conjuntos ópticos, entre outros.

De acordo com informações da Tatra, a nova planta terá capacidade para fazer até 225 caminhões por ano a partir de 2022. A meta é ampliar a produção para até 800 caminhões por ano depois de 2025.

Fábrica criará 300 postos diretos de trabalho

A Tatra informou ainda que a fábrica deverá gerar aproximadamente 300 empregos diretos. A empresa está dando preferência para contratação de mão-de-obra local. A empresa promoverá um intercâmbio que levará dez estudantes brasileiros para a República Tcheca.

Eles irão participar de um programa de treinamento na matriz da empresa, .em Kopřivnice. A cidade fica a pouco mais de 270 km à leste de Praga, a capital do país.

A Tatra Trucks é reconhecida mundialmente por produzir caminhões para uso no fora-de-estrada. Os veículos da empresa são voltados a operações nos setores de construção civil, mineração e agricultura. A fabricante também fornece caminhões para uso militar e tem entre os clientes a brasileira Avibras.

 

 

Notícias relacionadas