Notícias

Tabela de preços do frete tem reajuste médio de 5,8%

A nova tabela de preços de frete passa a valer na próxima terça-feira (20) e traz reajustes para todas as categorias de transporte de carga

Redação

15 de jul, 2021 · 3 minutos de leitura.

Tabela de frete tem reajuste médio de 5,8% a partir de 20 de julho" >
Tabela de frete
Crédito:Divulgação
Tabela de frete tem reajuste médio de 5,8% a partir de 20 de julho

A nova tabela de preços do frete, divulgada nesta quarta-feira (14), traz reajuste médio de 5,8%. Dessa forma, a Agência Nacional de Transportes Terrestre (ANTT) publicou no Diário Oficial da União (DOU) a resolução n° 5.949, que define os valores mínimos que devem ser pagos para o transporte rodoviário de carga no Brasil.

Assim, a tabela com os novos preços do frete entra em vigor na próxima terça-feira (20). Logo, os valores pagos variam conforme o tipo de carga e o número de eixos do veículo. Bem como a distância percorrida e o tipo de operação.

LEIA TAMBÉM: Pedágios de SP ampliam opções de pagamento com cartão

Ou seja, no caso do transporte de carga lotação de granel sólido, por exemplo, os preços do frete por quilômetro (R$/KM) partem de R$ 2,2644 para veículos com dois eixos. Porém, chegam a R$ 5,3082 para caminhões de nove eixos.

Atuais preços do frete foram reajustados em janeiro

Vale ressaltar que o novo reajuste médio é mais do que o dobro do aumento aplicado à tabela atual. Ou seja, os preços do frete que estão vigentes no País desde janeiro de 2021 foram reajustados, na época, entre 2,34% e 2,51%.

Conforme a legislação, os reajustes dos preços do frete devem ocorrer a cada seis meses. Ou seja, entre janeiro e julho de cada ano. Ou quando ocorre oscilação no preço do diesel.

Segundo a ANTT, para o reajuste foi considerado o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) cujo acumulado no período de dezembro de 2020 a maio de 2021 foi de 4,61%.

Além disso. a ANTT levou em conta o reajuste do preço do óleo diesel S10. Nesse sentido, o preço médio do litro do combustível estava cotado a R$ 4,568 na semana de 13 a 18 de junho. Segundo valores apurados pela Agência Nacional do Petróleo e Gás Natural (ANP).