Notícias

Sinotruck lança o caminhão a gás mais potente do mundo

Nova linha de caminhões Sinotruck Huanghe X7 traz opções de motores movidos a gás com potências de 500 cv e 530 cv

15 de jul, 2021 · 4 minutos de leitura.

Sinotruck apresenta o caminhão a gás mais potente do mundo" >
Sinotruck apresenta o caminhão a gás mais potente do mundo
Crédito:Sinotruck/Divulgação
Sinotruck apresenta o caminhão a gás mais potente do mundo

A fabricante chinesa Sinotruck lançou uma atualização do Huanghe X7. Segundo a marca, trata-se do caminhão a gás mais potente do mundo. Nesse sentido, a empresa oferece duas opções de motores de 15 litros que geram 500 cv e 530 cv de potência.

Até então, na China os caminhões a gás tinham motores de até 480 cv. Da mesma forma, as marcas que apostam nessa tecnologia na Europa também têm opções abaixo dos 500 cv.

Você também vai gostar de


Por exemplo, da italiana Iveco o "maior" motor tem 460 cv. Por sua vez, da sueca Scania o propulsor a gás gera 410 cv. Da conterrânea Volvo, há opções com 420 cv e 460 cv. Todos têm em torno de 13 litros. As informações são da agência Auto Times News.

Configurações para mais ou menos autonomia

A tecnologia a gás do Huanghe X7 é do tipo LNG, da sigla do inglês para Gás Liquefeito Natural. Logo, há duas possibilidades de instalação dos tanques. Nesse sentido, eles podem ser acomodados atrás da cabine ou na lateral do chassi.

No primeiro caso, a autonomia é maior. Porém, isso reduz o comprimento do semirreboque. Ou seja, a capacidade de carga. Como resultado, embora a segunda opção permita aumentar o volume de carga, a autonomia será menor.

O Huanghe X7 foi lançado em 2020 com aposta da Sinotruck para o mercado europeu. Nesse sentido, o modelo já atende as novas normas europeias de dimensões de cabine. Assim permite acrescentar até 90 centímetros a mais no comprimento.

Vantagens aerodinâmicas

Segundo a fabricante, o caminhão tem um dos desenhos mais aerodinâmicos do mundo. De acordo com os dados técnicos, as colunas são inclinadas a 30° para reduzir a resistência ao vento. Com isso, a marca promete consumo de combustível até 10% menor que o de modelos equivalentes.

Seja como for, caminhões com motores a gás são uma das propostas para reduzir as emissões de carbono no transporte rodoviário de carga. Além disso, há a vantagem da ampla autonomia, necessária  para percorrer longas distâncias.

Caminhão a gás no Brasil

No Brasil, a Scania é a única a produzir caminhões a gás. Ou seja, a marca oferece a linha R com motor de 410 cv de potência a 1.900 rpm e 204 kgfm de torque a partir das 1.100 rpm.

No mesmo sentido, a Shacman oferece caminhões movidos a GNL, mas eles são feitos na China. Eles rodam na operação da Golar Power, justamente na distribuição de.

Porém, mais novidades estão a caminho. Ou seja, a Iveco confirmou que iniciará testes com caminhões movidos a gás no Brasil. Inicialmente, a previsão é que isso ocorra ainda em 2021.