Notícias

Semipesados Foton Auman chegam ao Brasil em 2022

Segundo a Foton, a decisão de trazer os caminhões semipesados da linha Auman foi tomada em conjunto com a rede, formada por vários ex distribuidores da Ford

Redação

11 de mai, 2021 · 5 minutos de leitura.

Foton terá caminhões semipesados" >
Foton terá caminhões semipesados
Crédito:Foton/Divulgação
Foton terá caminhões semipesados

A Foton lançará os caminhões semipesados da linha Auman no Brasil. Segundo informações da marca chinesa, as vendas começam em 2022. Pesou a favor da decisão o fato de que boa parte da rede da marca tem experiência nas vendas desse tipo de caminhão.

Nesse sentido, vários concessionários da Foton eram distribuidores da Ford. Assim, eles migraram para a marca chinesa depois da saída da Ford Caminhões do Brasil. Ou seja, o objetivo da linha Auman é preencher essa lacuna.

LEIA TAMBÉM: Foton terá caminhão elétrico, semipesado e pesado no Brasil

Para as tomadas de decisão, a Foton costuma conversar com a Abrafoton. Ou seja, a Associação Brasileira dos Concessionários Foton Caminhões. Segundo a marca, essas discussões incluem o planejamento da importação de novos modelos. Bem como sua nacionalização.

Foton terá caminhões de 17 e 25 toneladas

A Foton trará duas opções de caminhões semipesados. Ou seja, com peso bruto total (PBT) de 17 e 25 toneladas. Segundo a marca, a linha Auman responde por boa parte de suas vendas na China.

Assim, a estratégia será igual à utilizada com os caminhões leves e médios Aumark. Ou seja, começar com a importação e, de acordo com o resultado das vendas, iniciar a produção no Brasil. De acordo com a Foton, esses modelos têm PBT de 6, 9 e 11 toneladas.

?Nosso objetivo é sempre a nacionalização, pois nos livramos de fatores imprevisíveis, como variação cambial e problemas logísticos?, diz o diretor de vendas e de desenvolvimento de concessionárias da Foton, Ricardo Mendonça de Barros.

Linha Citytruck será feita no RS

Atualmente a Foton produz no Brasil os caminhões leves Aumark de 3,5 toneladas. Os modelos são feitos por meio de uma parceria com a Gefco, em Guaíba (RS).

Além disso, a marca passou a importar modelos de seis, nove e 11 toneladas da família Citytruck. De acordo com a empresa, estão sendo feitos estudos sobre a viabilidade da nacionalização.

?A partir do ano que vem, a empresa aumentará a produção de caminhões no Brasil", diz Barros. Ou seja, é praticamente certo que esses modelos serão montados no País.

Linha Citytruck será feita no RS

Logo, isso é resultado do aquecimento das vendas de caminhões no Brasil. De acordo com a marca, a alta no volume de emplacamentos beste ano é de 35% em relação aos números de 2020.

Continua depois do anúncio

Portanto, a marca está mais do que otimista. Segundo Barros, a Foton projeta um crescimento de mais de 100% nas vendas totais ao longo de 2921.

?Vamos acelerar a nacionalização de diversos modelos", afirma o executivo. De acordo com ele, os atuais volumes do mercado brasileiro justificam a decisão.

Foton quer ter 46 concessionárias em 2021

Nesse sentido, a marca também está ampliando sua distribuição. Atualmente, são 37 concessionárias no País. Porém, a meta é encerrar 2921 com 46 pontos.

Segundo Barros, há negociações avançadas com diversos grupos interessados. ?A Foton está em seu melhor momento no País. Temos produtos modernos e uma rede altamente profissional e motivada."

De acordo com o executivo, o modelo de negócio da empresa é participativo e não impositivo. "Além disso, o mercado aponta para um crescimento sustentável ao longo dessa década. Pois o País precisa renovar e ampliar a frota de caminhões.?