Scania G 540 6×4 XT: estrela da marca na Agrishow 2019

Modelo é especialmente configurado para atender às operações fora de estrada

Scania G 540 6x4 XT Crédito: Foto: Scania

Com a introdução no País de sua nova geração de caminhões, a Scania também passou a oferecer na linha as versões XT. Na nova geração, a nomenclatura é a definição da fabricante para sua linha de veículos preparados para suprir necessidades das operações do fora de estrada.

Em sua primeira oportunidade de mostrar a solução em um grande evento de projeção internacional, a Scania leva para a Agrishow 2019, de 29 abril a 3 de maio em Ribeirão Preto (SP), um exemplo de destaque para o serviço nas cadeias produtivas da cana-de-açúcar e grãos.

O caminhão, baseado na cabine G, carrega motor de 13 litros com 540 cv e torque máximo de 2.700 Nm (273,3 kgfm). O conjunto tem capacidade máxima de tração de 150 toneladas, número que sinaliza poder para entregar produtividade nas lavouras.

Mas além do desempenho, os atributos das versões XT estão no pacote que a produção da Scania consegue proporcionar ao transportador. O amplo arsenal de itens disponíveis e com uma operação produtiva praticamente sob demanda permitem à companhia construir o veículo a partir da aplicação.

A oferta XT pode ser incorporada nas cabines P, G, R e S. São habitáculos mais resistentes, dotados de para-choque de aço e com maior ângulo de ataque para melhor movimentação em terrenos acidentados. Também o acesso ao pino ao de reboque é facilitado e as laterais trazem degraus para inspeção de carga, além de maçaneta extra no teto. Compõem ainda a cabine grades protetoras nos faróis e elemento de admissão de ar mais alto para que o motor trabalhe com menor poeira.

O conjunto XT dispõe de motores de 7, 9, 13 litros com potências que variam de 220 a 540 cv, além do V8 de 620 cv. A nomenclatura pode estar tanto em cavalos-mecânicos quanto em caminhões rígidos nas mais diversas configurações de rodas, dos 4×2 aos 6×6, como também uma ampla carta de eixos e arranjos de suspensão, pneumática ou metálica.

Para compor ainda o trem de força, o transportador tem à disposição caixas de transmissão automatizadas Optcruise. Para a nova geração, conforme necessidade da aplicação, a Scania desenvolveu o que chamou de embreagem sob demanda, para uso somente em manobras específicas, portanto, o caminhão pode sair de fábrica com ou sem pedal de embreagem.

O visitante da Agrishow também poderá ver de perto os modelos rodoviários R 540 6×4, o luxuoso e potente S 620 V8 6×2 e o semipesado P 320 8×2, apresentado como uma ferramenta para o agronegócio no transporte de produtos prontos e insumos entre a unidade produtiva e os centros urbanos.


Notícias relacionadas