Você está lendo...
Renault confirma Master com cara nova e retorno do Kangoo em 2022
Mercado

Renault confirma Master com cara nova e retorno do Kangoo em 2022

Além da reestilização no Renault Master, a francesa voltará a exportar o utilitário Kangoo da fábrica na Argentina para o mercado brasileiro

Redação

17 de jan, 2022 · 3 minutos de leitura.

Renault Master 2023
Renault vai lançar novo Master no segundo semestre com o mesmo visual da Europa, mas a mesma cabine atual
Crédito:Renault/Divulgação

A Renault confirmou, durante o Festival de Verão de Pinamar, na Argentina, que a linha de comerciais leves Master passará por renovações no segundo semestre deste ano. As informações são do site argentino Motor1. Conforme revelado pelo Auto Segredos em maio de 2021, as mudanças de estilo do Master 2023 se concentrarão na dianteira.

Assim, o capô ficará mais curto e a grade será maior. Já o para-choque foi redesenhado, mas manteve os faróis auxiliares nas extremidades. Ao que tudo indica, o novo Master terá o mesmo interior, ou seja, virá com o painel da linha que está nas concessionárias e não com o novo painel do modelo europeu (abaixo), com multimídia flutuante e linhas mais modernas.

Renault Master 2023
Renault/Divulgação

O modelo também preservará o motor 2.3 turbo diesel com 130 cv de potência a 3.500 rpm e um bom torque de 31,7 mkgf desde 1.500 rpm. No entanto, para atender a Proconve L7, certamente vai receber um tanque de Arla 32 para pós-tratamento de gases. Segundo a lei atual, desde o dia 1° de janeiro, todos os veículos 0-km devem se enquadrar nos novos limites.

Renault Master 2023
Renault/Divulgação

Novo Renault Kangoo

A diretora comercial da Renault na Argentina, Valentina Solari, também revelou conversas avançadas para retornar com o utilitário Kangoo no Brasil. Ou seja, o modelo virá concorrer com a Fiat Fiorino.


Renault Kangoo Express 2023
Renault/Divulgação

De acordo com a executiva, o furgão deve passar apenas por algumas adaptações técnicas exigidas no mercado nacional. O modelo vai dividir espaço com a sua versão elétrica, o Kangoo Z.E. Maxi, que já está à venda no mercado brasileiro.

Para exportar o Kangoo ao Brasil, a fábrica de Santa Isabel, na Argentina, abrirá um segundo turno de trabalho. De acordo com Solari, a previsão é que 90% da produção atenda o mercado interno. E o restante vá para vendas em outros países.