Notícias

Produção de caminhões no Brasil cresce 5% em abril de 2021

O bom ritmo de produção de caminhões resiste aos problemas que ainda persistem como a falta de matérias-primas e gargalos logísticos ocasionados

Redação

10 de mai, 2021 · 4 minutos de leitura.

Produção de caminhões
Crédito:Mercedes-Benz/Divulgação
Depois de informar queda na produção de caminhões em julho, Anfavea diz que vai adiar a P8

A produção de caminhões somou 131 mil unidades em abril. Ou seja, houve alta de 5% em relação às 12,5 mil produzidas em março. Segundo dados da Anfavea, associação que reúne as fabricantes de veículos do Brasil.

Leia também:  Vendas de implementos rodoviários cresce 130% em abril

De acordo com a Anfavea, na comparação com abril de 202o a alta foi muito maior. Ou seja, passou de  3.000%. Logo, há um ano a produção foi de apenas 400 unidades.

Primeiramente, é preciso lembrar que abril de 2020 foi o primeiro mês de paralização das montadoras. Ou seja,  em igual período por causa da pandemia de Covid-19.

No acumulado de janeiro a abril, as fabricantes produziram 46.2 mil unidades. O que representa alta de 83.9% na comparação com igual período do ano passado. Na época, as montadoras fabricaram 25.1 mil unidades. De acordo com a Anfavea, o acumulado do primeiro quadrimestre é o mais alto desde 2014. Na época foram fabricados 46.2 mil unidades.

Segundo o Vice-Presidente da Anfavea, Gustavo Bonini o  bom ritmo de produção de caminhões resiste aos problemas que ainda persistem como a falta de matérias-primas e gargalos logísticos ocasionados pela pandemia de Covid-19. Setores como construção civil, agronegócio, mineração e e-commerce ainda são os responsáveis pelos principais pedidos de produção.

Leia também:  Vendas de implementos rodoviários cresce 130% em abril

Produção de ônibus

A produção de ônibus apresentou queda em abril de 12.9% na comparação com março. De acordo com os números da Anfavea, saíram das linhas de produção 1.872 chassis, recuo de 12,9% sobre março (2.152).  Em contra partida, avançou 372.7%  na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando as fabricantes produziram apenas 396 unidades.

No acumulado do ano, o volume foi de 7.048, o que representa alta de 10.6% sobre janeiro a abril do ano passado. Ou seja, na época, as empresas fizeram 6.370 chassis de ônibus.

Na análise por segmento, alta de 77% na produção de rodoviários em abril (262) sobre março (148) e avanço de 509.3% sobre abril do ano passado (43).  Já a produção no acumulado de janeiro a abril. no entanto, somou 659 unidades, queda de 47.7% sobre o mesmo período do ano passado (1.260).De acordo com a Anfavea, as encomendas do Programa Caminho da Escola representam 23% do total de pedidos para produção.

 

Continua depois do anúncio